Lei valoriza história, com atributos são-mateuenses em prédios públicos; e privados

 Lei valoriza história, com atributos são-mateuenses em prédios públicos; e privados

Componentes do Grupo Folclórico Polonês Karolinka se apresentando no palco, com a arte malowana ao fundo

A iniciativa partiu do Conselho de Desenvolvimento Econômico de São Mateus do Sul (Codesamas) e foi encaminhada para a câmara de vereadores pelo vereador Jeciel Franco. Com a aprovação por unanimidade, a proposta se tornou Lei Municipal sob nº 3.041/21, sancionada pela prefeita Fernanda Sardanha em 18 de novembro. Traços poloneses, erva-mate e navegação à vapor compõe os atributos.

“Institui o Programa de Valorização Cultural da história do município nos prédios públicos e demais espaços que constituem propriedade do município de São Mateus do Sul”, detalha a nova Lei. Disso, a indicação para que se agregue aos locais de propriedade municipal, seja em reformas ou novas edificações, as características polonesas, da erva-mate e navegação à vapor.

“Esse projeto vem a reforçar que todas as edificações públicas novas ou a serem reformadas que levem os traços da cultura de São Mateus do Sul que contempla a cultura polonesa, a erva-mate e a navegação”, acrescenta o presidente do Codesamas, Haroldo Ferreira. Temática que a entidade tem fomentado, em parceria com diversos organismos, para fortalecer a identidade e potencializar a valorização local.

Tanto que a lei permite que a prefeitura possa “celebrar parcerias com a iniciativa privada e segmentos representativos da sociedade civil organização para a consecução do programa.” Para além do fortalecimento da identidade são-mateuense, o objetivo é de congregar esses valores e atrair também visitantes, isso porque, essas características marcam a história e os valores municipais, fomentando o turismo.

Elencando a extensão para empresas privadas. “Também estamos incentivando o comércio, as empresas a reproduzirem a arte malowana, a arte das flores daquela linda pintura feita no palco da Rua do Mathe, nas fachadas das suas lojas. E tem dado certo”, comemora Haroldo Ferreira. Segundo ele, a artista Josiane Aparecida da Rosa Santos Mayer, especializada na técnica, está com a agenda cheia.

Da redação com foto arquivo Portal

Veja também