Saúde confirma 851 novos casos de coronavírus e mais 17 mortes

 Saúde confirma 851 novos casos de coronavírus e mais 17 mortes

UTI do Centro de Reabilitação do Paraná que tem atendimento exclusivo para pacientes com Covid-19. Curitiba – 04/06/2020 – Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou 851 novos casos e mais 17 óbitos pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma 17.618 diagnósticos positivos e 526 mortes em decorrência da doença. No informe divulgado nesta quinta-feira (25) há ajustes de municípios de residência e exclusão de casos já confirmados por duplicidade.

INTERNADOS – Dos 535 pacientes internados com diagnóstico confirmado de Covid-19, 425 estão em leitos SUS (180 em UTI e 245 em leitos clínicos/enfermaria) e 110 em leitos da rede particular (42 em UTI e 68 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outras 863 pessoas em leitos UTI e enfermaria que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 17 pacientes. Todos estavam internados. São cinco mulheres e 12 homens com idades que variam de 45 a 87 anos. Os óbitos ocorreram entre 13 e 25 de junho.

Os pacientes que faleceram residiam em: São José dos Pinhais (3), Toledo (3), Cascavel (2), Curitiba (2) e Londrina (2). Os municípios de Araucária, Assaí, Mallet, Teixeira Soares, Umuarama registraram uma morte.

MUNICÍPIOS – No Paraná, 339 municípios têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Mercedes, Palmital, Ribeirão Claro e Sabaudia registraram confirmações pela primeira vez. Em 125 municípios há óbitos pela doença.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da secretaria registra 203 casos de Covid-19 de pessoas que não residem no Estado. Treze morreram.

AJUSTES:

– Um caso confirmado em 17/6 no Rio de Janeiro (RJ) foi transferido para Londrina.

– Um caso confirmado em 22/6 em Campina Grande do Sul foi transferido para Belém (PA).

– Um óbito em 24/6 em Campina Grande do Sul foi transferido para Caxias do Sul (RS).

– Um caso confirmado foi excluído por dupla notificação.

Confira o informe completo.

AEN

Brasil

O Brasil teve 1.141 novas mortes registradas em função da covid-19 registrados nas últimas 24 horas, de acordo com atualização do Ministério da Saúde divulgada hoje (25). Com esses acréscimos às estatísticas, o país chegou a 54.971 óbitos em função da pandemia do novo coronavírus.

A atualização diária traz um aumento de 2,1% no número de óbitos em relação a ontem (24), quando o total estava em 53.830.

O balanço também teve 39.483 novos casos registrados, totalizando 1.228.114. O acréscimo de pessoas infectadas marcou uma variação de 3,3% sobre o número de ontem (24), quando os dados do ministério registravam 1.188.631 de pessoas infectadas. 

Do total, 499.414 estão em observação e 673.729 foram recuperados. Diferentemente de balanços anteriores, o de hoje não trouxe o número de mortes em investigação.

Os registros são menores aos domingos e às segundas-feiras em função da dificuldade de alimentação de dados aos fins de semana, e maiores às terças-feiras, em razão do acúmulo de notificações atualizadas no sistema.

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 4,5%. A mortalidade (óbitos por 100.000 habitantes) foi de 26,2. Já a incidência (casos confirmados por 100.000 habitantes) ficou em 584,4.

Estados

Os estados com maior número de óbitos são: São Paulo (13.759), Rio de Janeiro (9.450), Ceará (5.875), Pará (4.748) e Pernambuco (4.488). Ainda figuram entres as unidades da Federação com altos índices de mortes Amazonas (2.731), Maranhão (1.871), Bahia (1.601), Espírito Santo (1.490), Alagoas (958) e Paraíba (842).

São Paulo também lidera entre os estados com maior número de casos (248.587), seguido de Rio de Janeiro (105.897), do Ceará (102.126), do Pará (94.036) e do Maranhão (74.925).

Agência Brasil

Veja também