Caçador é preso com armas e animal abatido em Paula Freitas

Um homem de 60 anos foi preso na manhã de domingo (13), em Paula Freitas por porte ilegal de armes e por crime ambiental, já que o mesmo tinha em sua posse um animal silvestre abatido.

Conforme informações do Portal VVale, a polícia realizava patrulhamento pela Avenida São Carlos, quando avistou um ciclista transportando um objeto coberto que parecia ser uma espingarda.

O homem foi abordado e disse aos policiais que voltava de uma pescaria. Em revista ficou constatado que o objeto suspeito se tratava de uma carabina de pressão calibre 5,5 mm. O abordado apresentou a nota fiscal, mas não foi possível confirmar a numeração da arma, porque tinha sido pintada.

A polícia encontrou dentro de uma mochila que o suspeito carregava, chumbinhos do mesmo calibre, um revólver, munições calibre 32 mm e um animal abatido, um esquilo (em nossa região, mais conhecido como “serelepe”). O mesmo confessou ter usado a carabina para abater o animal.

O Homem juntamente com os materiais apreendidos, foi encaminhado à 4° SDP para as providências cabíveis.

Conforme a Legislação Brasileira, Artigo 29 da Lei nº 9.605 de 12 de Fevereiro de 1988, matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida se caracteriza crime ambiental com pena de detenção de seis meses a um ano, e multa.

Da Redação

Veja também

Leave a Reply