O trabalho social e ambiental promovido pela ONG 4 Patas. Conheça esse lindo projeto desenvolvido em São Mateus do Sul

Hoje vamos conhecer um pouco da história e do trabalho da ONG 4 Patas, de São Mateus do Sul, que há 4 anos realiza um trabalho lindo em nossa cidade.

A ONG é uma associação sem fins lucrativos, constituída legalmente desde maio de 2015.

Desde setembro de 2017, após as eleições, a organização foi composta pela nova e atual diretoria, que vem desenvolvendo projetos de grande relevância para a comunidade.

O principal projeto desenvolvido pela 4 Patas, desde novembro de 2017, é o de castração gratuita, tendo como objetivo principal o controle populacional de cães. Elisangela Griten Vidal, conselheira fiscal da ONG, conta que já foram pagos pela Organização, mais de 317 castrações, de machos e fêmeas.

Hoje, no total são 100 associados que contribuem mensalmente com valores de no mínimo R$20. Esse dinheiro é destinado, em maior parte, ao pagamento das cirurgias de castração.

Nesse processo, há voluntários que realizam a captura dos animais e os levam até as clinicas veterinárias, bem como voluntários que dão o acolhimento temporário aos bichinhos até a adoção acontecer.

A castração é feita em cães de rua e semi domiciliados. Este último se aplica em casos de pessoas que não tem condições de pagar a cirurgia para o seu animal, recebendo então a ajuda da ONG.

Há também um projeto em parceria com a Prefeitura da cidade, voltada a castração de cadelas. Este projeto existe desde janeiro de 2018 e já atendeu mais de 480 fêmeas.

 Também ocorreu em 2018, uma parceria com a Universidade do Contestado (UNC) de Canoinhas, na qual foi realizada a castração gratuita de 40 cães. O projeto acontecerá em 2019 novamente.

No total, 837 cães no município de São Mateus do Sul foram castrados, conta Elisângela, com muito orgulho.

Neste ano, a ONG trouxe modificações com relação a adoção e castração. Todas as fêmeas só podem ser adotadas após dois meses de vida, para que dessa forma já sejam levadas ao novo lar castradas, evitando que o procedimento cirúrgico não seja feito, posteriormente.

A castração pediátrica acontece em duas clínicas da cidade, a Pet Life e a Clínica Animalia.

A ONG atua de forma rigidamente legal, sendo emitidos recibos a cada doação feita. Há voluntários que fazem o trabalho contábil e administrativo da organização, para que ela possa prestar contas de forma transparente.

Conheças alguns projetos paralelos desenvolvidos pela ONG, que têm por objetivo a arrecadação de fundos para custeio de castração, compra de remédios e alimentos para os animais.

Projeto Tampa Solidária

Inspirados pela prática deste projeto em outros Estados, a ONG 4 Patas decidiu desenvolvê-lo aqui na cidade também.

O projeto acontece da seguinte maneira: As pessoas podem deixar tampas de qualquer produto plástico, como de refrigerante, leite, suco e produtos de limpeza em alguns pontos de coleta que foram criados. Estas tampas plásticas serão recolhidas, encaminhadas e vendidas pela ONG para uma empresa de reciclagem.

Além da ajuda financeira que a ONG recebe, este projeto contribui ambientalmente, sendo uma prática ética, educativa e sustentável que envolve toda a comunidade.

Quem doar as tampas estará trazendo diversos benefícios, tanto à ONG quanto ao meio ambiente

Projeto De Grão em Grão

Esse projeto busca arrecadar itens para os animais acolhidos pela 4 Patas, como ração, medicamentos, produtos de higiene e etc.

Alguns voluntários, quando hospedam os animais temporariamente em suas casas, acabam arcando com os custos de pós-operatório e alimentação, por isso esse projeto é de extrema importância para a organização, pois é responsável pela manutenção da qualidade de vida dos animais acolhidos.

Além desses dois projetos citados, há outras fontes de arrecadação de fundos, como as latas de troco solidário, dispostas em todo o comércio da cidade, vendas de produtos personalizados, como canecas e camisetas. Atualmente está acontecendo a circulação da Rifa do dia dos namorados, que será sorteada em junho.

Feira de Adoção

Acontece geralmente aos sábados, em frente à Agropecuária Pavanelo. A adoção pode ser feita por pessoas acima de 18 anos, que possuam pátio fechado e se comprometam a dar as vacinas necessárias. Todas as cadelas são entregues já castradas, pois podem passar pela operação com apenas 2 meses, diferente dos machos, que só podem fazê-la após 4 meses de vida.

A ONG ressalta a importância de colaboração e convida todas as pessoas a conhecer o trabalho que ela desenvolve. Toda ajuda é muito bem vinda.

 É possível acompanhar as atividades da ONG por meio das redes sociais, nas páginas do Facebook  – ong4patas.saomateusdosul e no Instagram – @4patasong.

“Toda ajuda é muito bem-vinda. Os interessados poderão nos ajudar fazendo trabalho voluntário ou ofertando lar temporário para algum animal da ONG. Também poderão ajudar aqueles que tiverem a possibilidade de realizar doações de:

• Ração

Para cães e gatos – adulto e filhotes.

• Medicamentos

Meloxicam

Bactrim

Mercepton

Cefalexina

Amoxicilina

Dipirona

Capstar

Condrovet ou Condroton

Prednisolona

Ivermectina

Vitaminas – Glicol Pet, Nutricuper, Hemolitan, Aminomix, etc.

Vermífugo para adultos e filhotes

PVPI

• Outros

Gaze

Luvas cirúrgicas

Algodão

Esparadrapo

Ataduras

Jornais

Tapetes Higiênicos

Panos, cobertores, edredons e toalhas usados

Produtos de limpeza

Shampoos

Casinhas

Doação Financeira

Quem tiver a possibilidade de nos ajudar pode entrar em contato com a página que em breve responderemos”.

O Portal Cultura Sul parabeniza cada voluntário e sócio que doam seu tempo, suas casas e investem seu dinheiro num projeto tão louvável.  O mundo precisa de mais pessoas como vocês!

Da redação Portal Cultura Sul

Veja também

Leave a Reply