Dia de Prevenção e Combate à Hipertensão traz reflexão sobre os cuidados com a saúde

 Dia de Prevenção e Combate à Hipertensão traz reflexão sobre os cuidados com a saúde

No dia 26 de abril é celebrado o dia Nacional da Campanha contra a Hipertensão, como uma forma de luta contra esse problema, que atinge 300 mil pessoas no Brasil, causando 820 mortes por dia ou uma morte a cada dois minutos.

A hipertensão arterial ou pressão alta é uma doença crônica caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Ela atinge os vasos sangüíneos, coração, cérebro, olhos e pode causar paralisação dos rins.

Ela ocorre quando a medida da pressão se mantém sempre acima de 140 por 90 mmHg. Em 90% dos casos, é relacionada à herança genética, mas há vários fatores que influenciam nos níveis de pressão arterial, entre eles: consumo de bebidas alcoólicas e cigarros, obesidade, estresse, grande consumo de sal, níveis altos de colesterol, falta de atividade física;
– além desses fatores de risco, sabe-se que sua incidência é maior em pessoas negras, aumenta com a idade, é maior entre homens com até 50 anos, entre mulheres acima de 50 anos e em diabéticos.

Sintomas:

Infelizmente os sintomas só aparecem quando a pressão sobe muito, dores no peito, dor de cabeça, tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada e sangramento nasal são os principais sinais dessa doença.

É necessário medir a pressão regularmente para poder diagnosticar a hipertensão. Pessoas acima de 20 anos de idade devem medir a pressão ao menos uma vez por ano. Se houver hipertensos na família, devem-se medir no mínimo duas vezes por ano.

Prevenção e controle:

Apesar dela não ter cura, pode ser tratada e controlada. Somente o médico poderá determinar o melhor método para cada paciente, mas além dos medicamentos disponíveis atualmente, é imprescindível adotar um estilo de vida saudável:

– manter o peso apropriado, se necessário, mudando hábitos alimentares;
– não abusar do as (sódio)l, utilizando outros temperos que ressaltam o sabor dos alimentos;
– praticar atividade física regularmente;
– abdicar do consumo de cigarro (de qualquer tipo);
– moderar o consumo de álcool;
– evitar alimentos gordurosos;
– controlar o diabetes.

Da redação Portal Cultura Sul FM com informações do Ministério da Saúde.

Veja também

Leave a Reply