Nível do Guaíba estabiliza em Porto Alegre, mas cenário ainda preocupa região

 Nível do Guaíba estabiliza em Porto Alegre, mas cenário ainda preocupa região

Mesmo com ventos fortes e novas ocorrências de chuva em toda a região serrana, o nível ficou abaixo da marca histórica atingida em 6 de maio quando às 20h atingiu o recorde de 5,33m. Chegou a 5,25m na noite de ontem, terça-feira (14) às 22h, com oscilações mostrando estabilidade em seguida e leve baixa durante a madrugada. A medição atual é de 5,21m.

O indicativo é de continuar baixando, mas novas chuvas prevista podem ainda mexer com o cenário dramático enfrentado em Porto Alegre e região metropolitana. Até porque os 5,21m representam mais de 2,20m acima da cota de inundação do lago do Guaíba, com parâmetro de contenção em 3m e risco de alerta já a partir de 2,5m. Com influência ao logo de toda a Lagoa dos Patos.

Inicialmente, o Instituto de Pesquisas Hidráulicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) projetou um índice até acima disso, onde poderia superar os 5,33m. Isso por conta da água descendo da região serrana e rios que desaguam no Lago do Guaíba, depois Lagoa dos Patos, e influência de ventos e intempéries marítimas. O que acabou não influenciando tanto.

O cenário, mesmo assim, é bem complexo e somente gradativamente o nível do Guaíba deve baixar. Pelo acúmulo de água e até impossibilidade de bombeamento hidráulico no atual momento. Enquanto se discute a ampliação do estreito de ligação da Lagoa dos Patos com o Oceano Atlântico. Alertado pela UFRGS de que precisa ser bem avaliado e pode levar meses.

Portal 97 com informações da Defesa Civil do RS, UFRGS e imagem NASA.

Fique bem informado, clique no ícone abaixo e faça parte da nossa comunidade, recebendo as notícias em primeira mão:

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal 97 pelo WhatsApp (42) 99907-2942 ou (42) 9833-7197

Últimas notícias