Mulher foragida há 17 anos por matar a filha pela guarda do neto é presa no PR

 Mulher foragida há 17 anos por matar a filha pela guarda do neto é presa no PR

Foto: Reprodução/Canal 38/TNonline

Foi presa na manhã de sábado (11), Tânia Djanira Melo Becker de Lorena, mulher que estava foragida há 17 anos, acusada de matar a própria filha, Andréa Rosa de Lorena, por causa da guarda do neto. Ela foi presa pela Polícia Militar em Marilândia do Sul, no norte do Paraná.

De acordo com a PM, Tânia estava em uma casa e atualmente atende pelo nome de “Lurdes”. Ela estava prestando serviços domésticos em uma casa da cidade.

Andréa foi assassinada em Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, em 2007. As investigações apontam que ela foi morta por asfixia depois de almoçar com a mãe e o padrasto, que também está preso.Tânia Lorena foi levada para o presídio da cidade de Apucarana, no norte do estado.

Com informações RIC.com.br

Últimas notícias