Menina de 17 anos com câncer terminal realiza um dos sonhos e se casa no Paraná

 Menina de 17 anos com câncer terminal realiza um dos sonhos e se casa no Paraná

A jovem tem linfoma de Hodgkin e recebeu o diagnóstico aos 15 anos
Isabel e Lucas mostram alianças

A jovem Isabel Veloso, com câncer terminal, realizou um dos sonhos: casar. Neste sábado (13), a influencer de 17 anos compartilhou nas redes sociais registros do casamento civil com Lucas Borbas. A festa está marcada para o próximo dia 22.

“O civil veio!”, comemorou Isabel na legenda da foto em que ela e o marido mostram as alianças. “E no fim o amor sempre vence. Obrigado, Deus”, escreveu Lucas, em publicação feita no perfil dele.

Ela tem um linfoma de Hodgkin e recebeu o diagnóstico aos 15 anos. Atualmente, ela compartilha a rotina nas redes sociais enquanto luta contra a doença e conta com 2,1 milhões de seguidores no Instagram.

No início de março, a jovem informou, por meio do perfil, que só teria mais 6 meses de vida. Entre os últimos desejos dela estão: ser cremada após morrer, viajar para fora do Brasil, ir a um show da banda Coldplay e casar.

“Algumas pessoas acham que desisti da vida e que não tenho fé, mas isso me incomoda muito. Não é porque aceitei que estou doente que não tenho fé em Deus. Muitas pessoas jovens morrem de câncer. Está tudo bem aceitar isso também. Se eu for curada por milagre, amém, mas não vou criar expectativas”, declarou.


LAUDO MÉDICO
Após internautas questionarem se Isabel realmente é uma paciente terminal, a jovem divulgou seu laudo médico nas redes sociais, no domingo, 8 de abril.

“Eu não iria postar isso, porque não devo satisfação a ninguém. Mas recebi muitos comentários que pra ser paciente ‘terminal’ ou ‘paliativa’ tenho que ter aspecto de morte ou estar acamada sem poder me mexer”, escreveu.

O documento informa que Isabel tem “linfoma de Hodgkin sem resposta aos tratamento quimioterápico” e que a jovem está em cuidados paliativos exclusivos para controlar e aliviar sintomas.

“Tenho muita coisa em todo o celular pra comprovar o que eu quiser, inclusive papeis de exames. Se tanta gente é frustrada consigo mesma, não carrego culpa disso. Só eu sei o que eu passo no off das redes sociais por enfrentar desde tão nova um diagnóstico assim”, declarou.


O linfoma ou doença de Hodgkin é um câncer com origem no sistema linfático. O linfoma se espalha de um grupo de linfonodos para outro grupo, por meio dos vasos linfáticos, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). A doença é mais comum entre adolescentes e adultos jovens (15 a 29 anos), adultos (30 a 39 anos) e idosos (75 anos ou mais).

Últimas notícias