Prefeito de Guamiranga toma posse do mandato e inicia gestão municipal

 Prefeito de Guamiranga toma posse do mandato e inicia gestão municipal

O município tem em torno de nove mil habitantes e oficializou o prefeito eleito, nas eleições de 2020, à frente da prefeitura neste sábado (01/05). Isso porque havia uma pendência jurídica, mas Marcos Chiaradia (PSL) teve decisão favorável e a diplomação feita pela Justiça Eleitoral, o que o permitiu de tomar posse ao lado do vice-prefeito, Marcelo Leite para comandar Guamiranga.

O deputado estadual Emerson Bacil, também do PSL, apoiou o candidato Marcos em 2020 e esteve na posse levando o seu apoio. “Estive presente porque temos acima de tudo um pensamento de trabalhar pelas pessoas. Guamiranga tem pequenas propriedades, áreas preservadas e a fumicultura como atividade principal no meio rural. Bandeira que defendo no mandato”, afirmou o parlamentar.

Até a posse de Marcos Chiaradia, a gestão estava ao comando do presidente da Câmara, Andre Possebom como interino na prefeitura. Por sinal, um jovem de 24 anos que também foi plantador de fumo e ficou como prefeito nestes primeiros quatro meses da gestão. Empossado, o gestor novo municipal citou sobre a quebra de uma hegemonia local de duas famílias no poder, Machado e Fenquer.

Chiaradia disse que pretende atender pequenas propriedades, buscar alternativas e trabalhar alinhado com o povo e com o deputado. “Estou feliz, contente, de ele vim nos visitar”, frisou. “O Emerson Bacil a gente já tem uma boa temporada junto”, destacou o prefeito. De acordo com o parlamentar, o município ganha um gestor trabalhador e que veio com vontade, “que trabalhou para chegar onde está”.

“Vamos construir um trabalho para as pessoas. Tenho orgulho de falar que eu defendo a fumicultura. A dignidade do trabalhador rural e, sem dúvida, busca de alternativas viáveis. Vamos atuar juntos, Guamiranga está na nossa região e vou representar o município e ter este alinhamento com o prefeito Marcos e o vice-prefeito Marcelo Leite”, reafirmou Emerson Bacil, no evento.

Legenda: deputado com vereadores de Guamiranga

Marcos Chiaradia foi o mais votado para prefeito nas últimas eleições, mas não foi diplomado devido à recurso interposto pelo promotor eleitoral que tramitavam na Justiça Eleitoral. Sua vitória foi por apenas seis votos, num cenário com quatro candidatos e quebra a hegemonia de duas famílias que se alternavam na prefeitura do município durante longo tempo: Fenquer e Machado.

Ele superou o ex-prefeito, Angelo Machado que tentava reeleição e faleceu no início deste ano, em 5 de janeiro. Marcos concorreu sob liminar e durante a tramitação do processo conseguiu uma revisão no Tribunal de Justiça do Paraná. Com isso teve nova certidão negativa e ficou habilitado para assumir validar os votos e assumir o cargo de prefeito. Ele ficou com 31,76% (1.651) dos votos ao final da apuração.

Bacil com prefeitos de Imbituva, Prudentópolis e Inácio Martins

Da redação Cultura Sul FM com informações do TRE e prefeitura de Guamiranga e fotos da assessoria de Emerson Bacil.

Veja também