Semana da mulher na Cultura é especial

 Semana da mulher na Cultura é especial

 

A Semana da mulher será especial no Cultura Sul Notícias, cada dia, uma mulher é convidada para contar sua história de vida, superação e sobre seu trabalho na entrevista do dia com convidados. Serão diferentes áreas, sendo que as entrevistadas serão de São Mateus do Sul, São João do Triunfo e Antônio Olinto.

 

Abrindo a semana de entrevistas, a prefeita, Fernanda Sardanha, que faz história no município, sendo a primeira mulher à frente do poder executivo da cidade, iniciou sua fala contando sobre a sua infância, no município de Santa Cecília, e de como sua mãe serviu de referência para sempre correr atrás de seus sonhos.

 

“Em 2000 eu casei e vim morar em São Mateus do Sul. Sou filha de produtor rural e minha mãe é servidora pública aposentada, uma mulher guerreira, um exemplo pra mim, inclusive hoje é aniversário dela. Tenho também uma irmã, a Franciele, que é nove anos mais nova que eu. Quase só mulheres na família”, contou a prefeita.

 

Em relação a dificuldades em ser mulher e conquistar seu espaço, Fernanda falou da mãe que sempre trabalhou e estudou, com dificuldades, mas nunca desistiu. “Minha mãe sempre foi a minha inspiração. Antigamente tudo era mais difícil, e mesmo assim, eu lembro que eu era pequenininha e minha mãe fazia cursos em Joaçaba e Florianópolis, e me levava junto, com dificuldades, mas sempre foi muito determinada”, lembrou.

 

Sendo a primeira mulher à frente do poder executivo, Fernanda contou esse é um processo histórico, que espera que sirva como inspiração para muitas mulheres seguirem na política mesmo sendo um processo muitas vezes desigual. “Ainda existe o machismo enrustido, ouço muito falarem: mas ela é fraca, não vai conseguir, ela não vai aguentar, mas isso serve para me impulsionar e me motivam para continuar para seguir

 

Fernanda falou ainda que não está à frente da prefeitura por interesses ou poder. “Eu estou unicamente e prioritariamente por um projeto de desenvolvimento de São Mateus do Sul, e acredito em um propósito que vai desenvolver toda a comunidade”. Segundo Fernanda, como sempre buscou a inclusão da mulher na política na sua gestão não poderia ser diferente.

 

“Como mulher eu não poderia deixar de dar esse reconhecimento. Por mais que sejam cargos políticos todas tem conhecimentos específicos para atuar nas suas secretarias. Até brincam que tem mulher, mas é um bom contexto e elas tem demostrado muita garra, determinação e compromisso com toda população”, frisou Fernanda.

 

A prefeita ainda falou sobre as mulheres na pandemia, o aumento de casos de feminicídio, mercado de trabalho, e das profissionais de saúde que estão na linha de frente. “Ainda vemos diferença na questão de salários, vagas. Não queremos ser melhores do que ninguém, é uma questão de justiça de conquistar o lugar da mulher em todas as áreas”, finalizou. A entrevista na integra está disponível no facebook Cultura Sul .

 

Da redação Cultura Sul Notícias

Veja também