Número de animais abandonados aumentou na pandemia

 Número de animais abandonados aumentou na pandemia

Com restrições devido a pandemia, contato deve ser pelas redes sociais da ONG

Quer adotar um cãozinho? Ao adotar, você ajuda a reduzir o número de cães abandonados. Os animais de rua já passaram por muito sofrimento e tudo o que precisam é de um lar para serem felizes de verdade, com isso, o Programa Cultura Sul Notícias, recebeu na manhã dessa segunda-feira (01/03), Luana Skiba, presidente da Organização não governamental (ONG) 4 Patas, que tem como foco principal a castração de animais, objetivando buscar lares acolhedores e a conscientização das crianças, através de palestras nas escolas.

Luana contou como surgiu o grupo e se transformou em ONG, falou sobre a diretoria, os voluntários, o apoio do poder público e o trabalho desenvolvido graças a doações de parceiros, que acreditam no trabalho da organização. “Hoje contamos com 90 associados, que contribuem mensalmente com R$ 20,00 (vinte reais), que são destinados para castração. Perdemos muitos contribuintes devido a pandemia, mas continuamos trabalhando”, disse. 

A pandemia além de afetar a economia, fez com que muitas notícias falsas se propagassem pelas redes sociais, e uma delas foi voltada aos cães. “Saiu uma notícia que os cachorros passavam corona vírus, e isso assustou muitas pessoas”. Segundo Luana a falta de dinheiro e informações equivocadas fizeram com que o numero de animais abandonados aumentassem. “Diminuiu em 50% as contribuições e com isso, as castrações em 2020 ficaram abaixo do que deveria para o controle”, explicou.

Ela explicou que cada castração custa em média R$300,00 reais, um valor alto, que faz com que a fila para castração só aumente. “Tentamos fazer nossa parte, mas são muitos animais. Se cada pessoa fizesse sua parte, cuidasse do seu animalzinho, não deixasse ele na rua, procriando, seria mais fácil, mas infelizmente não é o que acontece”, relatou Luana.

A ONG, segundo os dados da Luana, já conseguiu realizar à proximamente 800 castrações de cães (machos e fêmeas) com recursos próprios vindos de doações mensais de contribuintes da ONG, e o projeto com a prefeitura, que teve início em janeiro de 2018 até dezembro de 2020, contabilizou 1.080 castramentos.

“Estamos aguardando uma nova licitação para continuar a parceria, mas felizmente o poder público está bem aberto para novos projetos, buscando ampliar nosso trabalho”, contou. Ela frisou ainda, que a ONG não tem canil e nem sede própria para a acomodação dos animais, dessa forma também não realizando nenhum tipo de resgate, os animais que chegam até a ONG para serem castrados são resgatados por moradores da cidade que cedem um espaço na sua casa até o animal ser doado.

ORGANIZAÇÃO DA ONG

Atual diretoria da ONG 4 Patas

A ONG 4 Patas é composta por uma diretoria de nove pessoas, além dos voluntários que auxiliam nas feiras. A ONG não possuí número de telefone fixo, mas conta com página no Facebook e no Instagram, onde são postadas fotos e informações referentes aos animais que estão aptos para adoção e os interessados em adotar um cãozinho podem entrar em contato por esses canais. 

Informativo

FACEBOOK : https://www.facebook.com/ong4patas.saomateusdosul

INSTAGRAM:  @4patasong  

Da redação do Portal Cultura Sul

Veja também