Hospital de Cascavel devolve para o estado equipamentos para tratamento da Covid-19

 Hospital de Cascavel devolve para o estado equipamentos para tratamento da Covid-19

Por falta de profissionais da saúde o Hospital do Coração Nossa Senhora da Salete, em Cascavel, no oeste do Paraná, devolveu para o governo do estado equipamentos para tratamento da Covid-19.

“O hospital manifestou a intenção de abrir 20 leitos de UTI, mas não conseguiu reunir equipes suficientes para ativá-los todos, portanto ativaram apenas 10”, disse o diretor de Gestão em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Vinícius Filipak.

 

Cooperativas se uniram para doar 35 respiradores para hospitais públicos do oeste do Paraná. Porém, todo o investimento pode continuar encaixotado também por causa da falta de médicos.

No Hospital Universitário (HU) de Cascavel, os médicos, por exemplo, passaram a cuidar de um número maior de pacientes durante os plantões. A medida, autorizada pelo Conselho Regional de Medicina (CRM), trouxe alívio momentâneo nesse momento difícil.

Somente no HU, eram quase 100 vagas em aberto, sendo a maioria para técnicos de enfermagem. Na semana passada, o hospital, enfim, conseguiu contratar mais pessoas. Para atrair os candidatos, a direção teve que aumentar os salários em 20%. Os primeiros grupos já estão sendo treinados e devem ir para a linha de frente ainda esta semana.

A situação complicada se repete em outras cidades do Paraná. São muitas pessoas doentes para poucos médicos, enfermeiros e técnicos. No oeste do estado, além de Cascavel, também há vagas abertas em Toledo, Foz do Iguaçu e Guaíra.

“Quando não há mais da onde provirem profissionais qualificados, a assistência chegou de fato ao seu limite final”, comentou Filipak.

Da redação do Portal com informações G1

Veja também