Estudo voltado às mulheres trás informações importantes

 Estudo voltado às mulheres trás informações importantes

O Cultura Sul Notícias dessa quarta-feira, (10/03), especial, semana da mulher, recebeu em seus estúdios duas mulheres representando a classe voltada à saúde, a secretária de saúde de Antônio Olinto, Nelize Wrubleski, e a psicóloga na área da saúde, Vania Leal, que trabalha no município desde 2017. Elas trouxeram informações com base em um artigo científico que fala de como às mulheres são multifuncionais.

A psicóloga iniciou sua fala, contando um pouco de como escolheu a sua profissão. “O inconsciente sempre me apaixonou. Minha mãe sempre gostou dessa área, e meio que inconsciente ela me passou isso. Hoje não me vejo fazendo outra coisa”. Quando indagada se tem uma mulher que lhe inspira, ela falou sobre à sua mãe e as mulheres da sua família, que sempre quebraram paradigmas e lutaram pelo que queriam.

Em cima do artigo cientifico, Vania falou sobre a questão do espaço entre os homens e as mulheres, ela contou que segundo o estudo, à mulher ainda busca o seu espaço, pois desde a infância ela é criada de forma diferenciada, em relação ao homem. “Os espaços dos homens é algo mais central, nas zonas industriais, e o das mulheres é muito periférico ainda, nas questões comerciais é algo ainda muito vago”, explicou.

Vania explicou que a pesquisa mostrou que esperam que a maternidade “complete” a mulher, pois desde pequenas informações são repassadas as mulheres, com isso muitas vezes são vistas como frágeis, que precisam ser cuidadas. Em relação a multiplicidade ela disse, que muitas funções ajudam na autoestima, e a enfrentar desafios em especial com as mulheres. “Traz benefícios desde que o ganho seja maior que a consequência”, contou.

Quando indagada sobre relacionamentos, a psicóloga disse que o estudo mostrou que quando é um relacionamento saudável ter um companheiro é positivo, pois divide as alegrias e os problemas, as tarefas e assim constroem uma vida juntos, do contrário é preferível fica sozinha. Em relação a ser mãe ela disse que não é sinônimo de uma vida feliz. A entrevista completa na integra é possível assistir no facebook do Portal Cultura Sul e no youtube.

Da redação Cultura Sul Notícias.

Veja também