Um irmão mata outro por conta de celular da irmã, na região metropolitana de Curitiba

 Um irmão mata outro por conta de celular da irmã, na região metropolitana de Curitiba

O crime traz consigo a tragédia familiar anunciada. Douglas Pablo Machado de Matias, de 25 anos, foi morto a facadas pelo irmão, Vinícius Machado, de 24 anos. Ele teria sido jurado de morte há algum tempo e as brigas eram frequentes. O acusado de esfaquear seria usuário de drogas e cometeu o homicídio por conta de um celular retido da irmã mais nova, neste domingo (14/02).

O caso que é investigado pela delegacia de Fazenda Rio Grande aconteceu em Agudos do Sul, na região metropolitana de Curitiba. O autor se evadiu da cidade, com suspeita de ter recebido ajuda do pai. A vítima voltou do trabalho e teria retirado o aparelho da irmã mais nova, de 13 anos por ela ter se negado em ajudar a mãe em casa. Isso causou a revolta de Vinícius que pegou uma faca e matou Douglas.

Após pegar o celular e deixar a irmão chorando, a vítima foi até uma das duas casas do terreno da família e teria se dirigido para um quarto com a namorada. O acusado pelo crime teria arrombado a porta, conforme familiares relataram a polícia e a reportagem da Banda B apurou, e atacou Douglas que estaria dormido e sequer conseguiu reagir. A namorada entrou em pânico, mas apenas assistiu ao crime.

Vinícius Machado estar foragido e é procurado pela polícia. A vítima trabalhava e agia como o responsável pelo domicilio, exercendo o papel de pai de família. Enquanto que o acusado pelo crime perambulava pelas ruas e recaí sobre si o fato de supostamente utilizar entorpecentes. Douglas chegou a ser socorrido, mas morreu momentos depois no hospital da cidade após quatro facadas no peito e uma na boca.

Familiares estavam chocados pelo acontecimento e admitiram que os dois viviam brigando e Vinícius havia ameaçado de matar o irmão numa dessas discussões. Acusado, agora, de tirar a vida do irmão mais velho, motivado pela irmã mais nova estar chorando após Douglas retirar dela o celular.

Da redação com informações da polícia e Banda B e foto arquivo de família.

Veja também