São-mateuense que teve velório liberado faleceu após superar Covid-19

 São-mateuense que teve velório liberado faleceu após superar Covid-19

Um velório realizado entre a sexta-feira (26/02) e o sábado (27/02) em São Mateus do Sul foi de falecido, aos 68 anos, relacionado oficialmente na estatística de morte em consequência do Coronavírus. Os atos fúnebres foram liberados porque, apesar de ter sido internado com Covid-19, supostamente a morte ocorreu em decorrência de um infarto e no caso já não estaria mais transmitindo o vírus.

Informações da secretaria de Saúde e setor de vigilância sanitária apontam que o motivo do internamento foi por infecção com o Coronavírus, mas pelo tempo que o paciente ficou hospitalizado não estaria mais transmitindo Covid-19. O homem passou um período hospitalizado antes de, infelizmente, vir a falecer. Disso a liberação do velório após a morte no Hospital do Rocio. O óbito teria relação com complicações relacionadas ao vírus.

Algumas informações levantadas pela reportagem dão conta de que familiares interviram para que houvesse a liberação, obviamente, sem risco de transmitir Covid-19. Disso a realização do velório e possibilidade de que familiares e amigos pudessem fazer a despedida, sem burlar regras sanitárias. Da mesma forma a alegação de que a morte foi por um infarto, mas o paciente teve infecção com Coronavírus.

O óbito é um dos relacionados oficialmente no boletim epidemiológico de sexta-feira (26/02) que contabiliza 26 mortes em consequência da Covid-19, no caso citando a existência de comorbidades. Outro paciente de 91 anos está na mesma divulgação com falecimento atribuído à infecção com o Coronavírus. A divulgação apontou, ainda, a existência de 55 casos ativos da doença em São Mateus do Sul.

Da redação Cultura Sul FM, com informações e imagem da prefeitura de São Mateus do Sul

Veja também