Polícia Rodoviária Federal busca a preservação da vida

 Polícia Rodoviária Federal busca a preservação da vida

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), criada em 1928 no governo de Washington Luiz com a denominação de “Polícia das Estradas” está consolidada no cenário da Segurança Pública Brasileira. Com atuação permanente na fiscalização do trânsito nas rodovias federais, a PRF procura evoluir junto com a sociedade brasileira e procura atuar de forma mais contundente no combate à criminalidade, demanda está que vem aumentando ao longo dos anos.

Em entrevista para o Cultura Sul Notícias, o Policial Rodoviário Federal, Fabio Rodrigo Ribeiro de Almeida, da unidade operacional de São Mateus do Sul explicou sobre o trabalho da PRF que segundo ele é bem dinâmico em relação a fiscalizações, mas mesmo assim, seguem um “cartão programa”, que direciona a atuação policial de acordo com estudos estatísticos de acidentes no trecho, de incidência de criminalidade e outros pontos. 

“Temos determinados períodos e dias da semana que tem maior incidente de acidentes. Trabalhamos com dados estatísticos, que mostram os trechos com mais acidentes e incidentes de criminalidade, com isso, nosso trabalho é focado nesses locais, sendo ações direcionadas”, contou Fabio. Ele disse ainda, que nos feriados especificadamente o efetivo é reforçado nos pontos mais críticos, buscando um trabalho com melhores resultados.

Ele explicou ainda que o perímetro de atendimento do posto de São Mateus do Sul, compreende do quilometro 180 que é na divisa do município da Lapa com Contenda na BR 476, entra na BR 153 por mais 40km, terminando na divisa da cidade de Mallet com Rio Azul, iniciando o trecho que vai até Irati, somando aproximadamente 200km, segundo Fábio. Ele disse ainda que nesse trecho as infrações mais recorrentes são embriagues ao volante e ultrapassagens indevidas que acabam ocasionando acidentes graves.

Da redação do Portal Cultura Sul FM

Veja também