Mais de 6 mil bebês já fizeram o teste da orelhinha em São Mateus do Sul

 Mais de 6 mil bebês já fizeram o teste da orelhinha em São Mateus do Sul

Foto do pequeno Isaque que nasceu dia 28/01, filho da Ana Antonia Gadonski e Reginaldo Novaki realizando o exame.

Aproximadamente 50 bebês realizaram nesta terça-feira, 09, o teste da orelhinha no Hospital e Maternidade Doutor Paulo Fortes em São Mateus do Sul. O Teste da Orelhinha, ou “exame de emissões otoacústicas evocadas”, é o método mais moderno para constatar problemas auditivos nos recém-nascidos.

O exame consiste na produção de um estímulo sonoro e na captação do seu retorno por meio de uma delicada sonda introduzida na orelhinha do neném. As fonoaudiólogas Elaine C. Maltauro e Silvana L. Waldraff que realizam os exames no município conversaram com a equipe da Cultura Sul noticias e explicaram que o exame deve ser realizado preferencialmente até um mês e meio de vida do bebê.

“Esse exame é rápido, seguro e indolor. Os pais tem que deixar as orelhinhas arejadas, é bem simples”, comentou Elaine. Silvana relatou que atenderam aproximadamente 50 bebês, sendo moradores de São Mateus do Sul, Antônio Olinto e região. “Quando a mãe não traz o neném no mês agendado, pode ser feito o teste no mês seguinte, mas se faltar nessa segunda consulta, será acionado o conselho tutelar, pois é uma triagem universal e todos os bebês devem fazer por lei”, explicou.

Fonoaudiólogas Silvana e Elaine

Elas relataram ainda, que no caso de suspeita de alguma anormalidade, o nenê será encaminhado para uma avaliação otológica e audiológica completa. Buscando atingir o maior número de bebês, todos os meses a Thais Franco Tomezik, auxiliar de escritório no hospital, busca divulgar através de redes socias, rádio e outros meios de comunicação a ação, para que as mães não percam a data.  

Thais comentou que o teste é feito no município desde agosto de 2008, já atendendo mais de 6,300 crianças, nesse período. “Atendemos em média 50 crianças todo o mês. Os nascidos aqui no hospital já saem com o agendamento do teste marcado com dia e horário certinho. Já os bebês que por ventura tenha nascido em outra cidade, as mães podem nos procurar aqui no hospital e vamos realizar o agendamento sem problema nenhum”, concluiu.

Por que fazer o teste da orelhinha?

A audição é um dos sentidos mais importantes para o desenvolvimento completo da criança. O bebê já escuta desde bem pequeno, antes mesmo de nascer, por volta do quinto mês de gestação. Ele ouve a voz e os sons do corpo da mãe. É através da audição que se inicia o desenvolvimento da linguagem. Qualquer perda na capacidade auditiva, mesmo que pequena, impede a criança de receber adequadamente as informações sonoras essenciais para a fala.

Isaque pronto para iniciar o teste da orelhinha

Veja também