Antônio Olinto retoma o calendário escolar de forma remota

 Antônio Olinto retoma o calendário escolar de forma remota

A prefeitura segue o entendimento do colegiado de prefeitos da Associação dos Municípios do Sul do Paraná (Amsulpar) em que os gestores municipais entendem não ter condições de retomada presencial, sobretudo na questão do transporte escolar. Ao passo que a secretaria de Educação se prepara para disponibilizar as aulas de forma remota e com repasse de conteúdos para manter o ensino.

De acordo o prefeito, Alan Jaros, a maioria dos municípios está nesta situação e segue a mesma organização na educação de 2020, iniciada com a suspensão das aulas presenciais por conta da pandemia de Covid-19. Sem deixar de repassar os conteúdos impressos ou por meios digitais. Contudo, preservando a Saúde de todos e seguidos os protocolos estabelecidos.

A decisão é parecida com a tomada pela prefeitura de São Mateus do Sul, iniciando dia 18 de fevereiro as aulas somente na forma remota. Em 15 dias, o departamento de Educação em conjunto com a Saúde reavaliam a sequência dessa forma de ensino ou se haverá condições e segurança para o retorno presencial. Uma reunião com as equipes e a presença do prefeito e do secretário de Educação, Irajá Raphael Pavoski, definiu estes critérios para o início do calendário.

Uma das situações que os prefeitos da Amsulpar analisam é sobre o transporte de alunos. Inclusive dos estudantes da rede estadual. Os prestadores de serviços e a estrutura atual não consegue atender as determinações de distanciamento e demais quesitos do protocolo estabelecido. Disso a reunião recente com o chefe do Núcleo Regional de Educação, Carlos Polsin, em que pontuaram a situação e buscam uma solução conjunta.

Veja também