Diplomados: prefeita, vice e vereadores eleitos em São Mateus do Sul

 Diplomados: prefeita, vice e vereadores eleitos em São Mateus do Sul

Seguindo todos os protocolos de proteção e segurança à saúde dos presentes, a Justiça Eleitoral organizou a cerimônia e proferiu a entrega dos diplomas aos nove vereadores, vice-prefeito e prefeita; eleitos nas eleições de 15 de novembro. O evento foi realizado no Colégio Estadual Duque de Caxias na tarde desta sexta-feira (11/12). O acesso foi restrito e controlado para evitar aglomeração.

Em nome dos vereadores falou o mais votado, Jorge Manfroni. Ele parabenizou todo o trabalho realizado pela Justiça Eleitoral e cumprimentou a prefeita eleita, Fernanda Sardanha, seu vice-prefeito, Adão Staniszewski, vereadores eleitos e familiares. Segundo ele, a escolha foi democrática e estarão responsáveis por 46.705 habitantes, conforme dados oficiais, 1342 km² de extensão geográfica e receita anual de R$ 110 milhões.

São Mateus do Sul tem 797 servidores públicos, conforme Manfroni, 36 instituições de ensino municipais, sendo 14 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e 22 escolas municipais. Além de outros quatro locais de ensino sem dualidade administrativa. Por sua vez, Fernanda Sardanha parabenizou todos que estiveram trabalhando no período eleitoral. Destacou nominalmente cada vereador eleito e o vice-prefeito.

“Para mim, enquanto mulher, fico muito honrada”, disse frisando ser “a 1ª mulher eleita prefeita de São Mateus do Sul”. A futura administradora municipal citou que deixa de lado a política partidária para trabalhar pela população são-mateuense, dentro das suas atribuições conferidas para o cargo. Junto de sua equipe de governo que se forma. Sustentada na força familiar da filha Milena e marido Marcos.

Para a promotora eleitoral, Ana Righi Cenci, o foco da gestão pública é cumprir as obrigações, sem se furtar aos seus deveres como detentor de cargos na administração municipal. Cada componente do respectivo poder trabalhando dentro das suas competências. Para isso, atendendo demandas de todos os setores. Tendo responsabilidade e comprometimento com o interesse público, é o que ela defendeu.

O juiz eleitoral, André Olivério Padilha, reforçou que a cerimônia foi feita com todos os cuidados sanitário e respeitando as leis vigentes. Ele buscou falar sobre o prisma de cidadão que vive em São Mateus do Sul. Encerrados os embates da eleição, fica agora aos gestores, a responsabilidade de governar para todos. Além dos eleitores, inclusive para quem não votou e sequer vota. “Crianças, idosos, doentes”, exemplificou.

Deixando de lado radicalismos, porque a sociedade está cansada dos extremos e pregando a linha do bom senso. “Sendo situação ou oposição é dever dos vereadores fiscalizar o executivo”, frisou “e fazer leis”. Ao passo que cabe à prefeita e vice-prefeito estar se posicionando como ‘servidores públicos’ de todos os cidadãos, indistintamente. “Respeitando as leis e buscando sempre o melhor”, observou.

Chamando atenção sobre a responsabilidade de cada diplomado, o juiz destacou que todos os servidores públicos tem este compromisso. “Espero sinceramente que exerçam esses quatro anos com o coração e com a benção de Deus e que tudo dê certo. Quanto menos precisarem do judiciário, melhor. Assim eu espero”, ressaltou. Ao final, parabenizou o empenho de cada concorrente, ao longo do processo eleitoral.

Da redação Portal Cultura Sul FM, com fotos de Cláudia Burdzinski/Portal RDX

Foto: Cláudia Burdzinski/Portal RDX
Foto: Cláudia Burdzinski/Portal RDX
Foto: Cláudia Burdzinski/Portal RDX
Foto: Cláudia Burdzinski/Portal RDX
Fotos: Cláudia Burdzinski/Portal RDX
Foto: Cláudia Burdzinski/Portal RDX

Veja também