Paciente morre após ser agredido em clínica de reabilitação

 Paciente morre após ser agredido em clínica de reabilitação

Foto: Reprodução

Um paciente de uma clínica de reabilitação para dependentes químicos morreu nesta segunda (8) supostamente em consequência de agressões praticadas por um monitor do estabelecimento localizado na estrada velha do Aguassaí, em Cotia, na Grande São Paulo. A vítima é Jarmo Celestino de Santana, de 55 anos.

O suspeito do crime é um homem de 24. Ele foi preso sob acusação de homicídio. Outro funcionário do estabelecimento é investigado, segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública) de São Paulo. A ocorrência foi atendida inicialmente por guardas municipais, que foram até o local para atendimento a uma vítima de lesão corporal. O paciente foi encaminhada ao pronto-socorro de Vargem Grande Paulista, também na região metropolitana da capital, mas não resistiu aos ferimentos.

Uma equipe do GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil de São Paulo deu apoio a ocorrência e obteve um áudio em um grupo de mensagem em que o indiciado falou para terceiros sobre as agressões que ele havia praticado. O suspeito foi preso em flagrante e o caso registrado como tortura na Delegacia de Cotia.

Imagens exibidas pela TV Bandeirantes mostram a vítima sentada em uma cadeira, com as mãos presas, enquanto pessoas ao redor riem e comentam sobre o debilitado estado de saúde da vítima.
A reportagem não conseguiu contato com o suspeito nem com sua defesa.

Portal Cultura Sul, com informações Folha Press

Fique bem informado, clique no ícone abaixo e faça parte da nossa comunidade, recebendo as notícias em primeira mão:

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal Cultura Sul pelo WhatsApp (42) 99907-2942

Últimas notícias