Pastor é morto a tiros após se negar a pagar conta de R$ 10 por conserto de energia, em Palmas (PR)

 Pastor é morto a tiros após se negar a pagar conta de R$ 10 por conserto de energia, em Palmas (PR)

Foto: Divulgação/PM

Um pastor foi morto a tiros em Palmas após uma confusão ocorrida entre a noite de sexta-feira (21) e a madrugada deste sábado (22).

Conforme publicação do G1 PR, a PM informou que as casas da região tem ligação clandestina de energia, (prática conhecida como “gato”). Teria ocorrido uma falha no sistema, caiu a energia na Igreja e na casa do pastor, que fica em anexo.

Segundo relato de testemunhas à polícia, o pastor procurou um morador para fazer o conserto, o qual cobrou o valor de R$ 10 pelo serviço. O pastor se negou a pagar, então começou uma confusão entre os envolvidos e outras pessoas, que interviram na situação. O homem que executou o serviço para o pastor saiu e, em seguida voltou acompanhado de dois irmãos, os quais atiraram contra as pessoas que estavam em frente à igreja.

Além do pastor quatro homens de 21, 22, 25 e 32 anos, foram baleados, sendo que o de 25 anos morreu. O suspeito de atirar contra o grupo também foi baleado com um tiro no abdômen. Ele foi socorrido e recebeu voz de prisão no hospital.

A casa de um dos suspeitos de atirar foi incendiada.

Veja também