Homem enterrado vivo consegue escapar da cova mesmo com pescoço cortado

 Homem enterrado vivo consegue escapar da cova mesmo com pescoço cortado

Aos 31 anos, um homem diz que foi enterrado vivo pelos próprios colegas de serviço a história é surreal, com corte profundo no pescoço, a vítima diz que foi espancada, levou uma facada no pescoço e foi sepultado por 3 pessoas na noite de quinta-feira (02) em Iguatemi.

Enterrado vivo, Meraldo Veríssimo Pereira contou à polícia que levou chutes, foi atacado no pescoço e depois os colegas o enterraram uma cova rasa. O homem fingiu que estava morto e quando o grupo se afastou, conseguiu se livrar da terra e fugir.

Ontem pela manhã ele apareceu ferido no sítio onde trabalhava com os suspeitos de tentativa de homicídio. Meraldo agora está internado no Hospital São Judas, mas os 3 suspeitos desapareceram.

Da redação com informações Campo Grande News

Veja também