Família paranaense corre contra o tempo para conseguir remédio mais caro do mundo para salvar criança

 Família paranaense corre contra o tempo para conseguir remédio mais caro do mundo para salvar criança

Foto: Arquivo pessoal

A família do pequeno Vinícius de Brito Samsel, de 1 ano e 9 meses, morador de Engenheiro Beltrão, no norte do Paraná, luta desesperadamente para conseguir arrecadar o dinheiro suficiente para comprar o remédio Zolgensma, apontado como o mais caro do mundo e que custa aproximadamente R$ 12 milhões. O garoto sofre de uma doença rara chamada Atrofia Muscular Espinhal (AME), tipo 1, e precisa receber a medicação antes de completar 2 anos, ou seja, no próximo mês de janeiro.

Para tentar chegar ao valor necessário, a família mantém desde junho de 2020 uma Vaquinha Online, além de realizar uma série de campanhas nas redes sociais e nas ruas. Porém, mesmo com a ajuda de muitas pessoas, conseguiram arrecadar até agora algo próximo de R$ 2,7 milhões.

Além da campanha nas redes sociais, a família também tem lutado na Justiça para conseguir o medicamento que poderá salvar a vida do pequeno Vinícius.

“Nós recebemos a quarta negativa desde o início do processo. Estamos aguardando para que o processo posso ter andamento em Brasília”, contou, a prima da mãe de Vinícius, Nathalia Gabriely de Oliveira Brito.

A advogada Graziela Costa entrou com recurso extraordinário pedindo para que o processo do Vinícius seja liberado do Tribunal Regional Federal da 4° região, para que seja julgado em Brasília pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O tempo para Vinícius está cada dia mais curto.

“Nós temos praticamente dois meses para conseguir a medicação, pois o laboratório responsável pelo medicamento recomenda que a aplicação do medicamento seja feita antes da criança completar dois anos”, explicou Nathalia.

A família segue pedindo nas redes sociais para que o TRF-4 Liberem o processo do Vinícius, para que seja julgado em Brasília pelo STF, o quanto antes.

Para ajudar o pequeno Vinícius visite o site do campanha.

Da redação com informações do Portal Banda B

Veja também