Mais de 200 pessoas passaram na IV Mostra de Curso da Casa Familiar Rural

 Mais de 200 pessoas passaram na IV Mostra de Curso da Casa Familiar Rural

A IV Mostra de Curso da Casa Familiar Rural, foi realizada em dois dias (05 e 06), momento esse, que foram apresentados os trabalhos da agroindústria, a mecanização, o manejo de solo, manejo de animais (galinhas, peixes), horta Mandala, sobre cultivo da erva-mate, mostrando todo o trabalho que é desenvolvido na instituição.

A coordenadora da Casa Familiar, Clemira Santana, conversou com a Cultura Sul e falou da importância em realizar essa amostra depois de tanto tempo as atividades estarem paradas sem visitações na escola. “Esses dois dias para nós foi muito importante, depois de um ano e meio sem a presença dos alunos fisicamente na escola. Nós fizemos o nosso planejamento assim que voltou as atividades no colégio e resolvemos manter a mostra para mostrar a comunidade o trabalho que é feito na Casa Família Rural, como é nossa metodologia de ensino diferenciada”, explicou

Samira comentou, que nesses dias de amostra, muitas pessoas puderam esclarecer dúvidas referentes de como o colégio funciona. “Tivemos muitas pessoas perguntando se o colégio é particular, e como as aulas acontecem, a maioria achava que para estudar aqui teria que pagar, por isso, é importante divulgarmos que é uma escola pública, vinculada à Secretaria da Educação e do Esporte (Seed), e ao município de São Mateus do Sul, e que temos o Colégio Duque de Caxias como escola base. Atualmente, oferecemos o curso técnico em Agroecologia, é no próximo ano, já no início de 2022, o curso oferecido será o de Técnico Agrícola”, contou Clemira.

Ela relatou ainda, que as aulas do curso Técnico Agrícola já terão início em 2022, abrindo um leque muito grande para os profissionais atuarem em toda região. “Para nós, foi uma grata satisfação ver o interesse de tantas pessoas no curso que vamos oferecer no próximo ano, foram mais de 200 pessoas que passaram aqui, visitando e conhecendo as nossas dependências”. A coordenadora frisou ainda, que aqueles que tiverem interesse em conhecer o colégio e não puderam visitar nessa semana, que as portas da instituição estão abertas e será gratificante receber a comunidade São-mateuense e das cidades vizinhas.

Da redação Cultura Sul

Veja também