Localizada no segundo planalto, São Mateus do Sul tem bioma de mata atlântica

 Localizada no segundo planalto, São Mateus do Sul tem bioma de mata atlântica

A geografia de São Mateus do Sul compreende o bioma da mata atlântica e tem nisso a predominância da floresta ombrófila mista (floresta de araucária). O ecossistema é composto por esse complexo que abriga parcela significativa da diversidade biológica brasileira, dentro do planalto de Ponta Grossa ou segundo planalto com rochas sedimentares e grande diversidade de solos.

É uma unidade que contempla a coexistência das floras tropicais e temperada, tendo composição florística é com baixas temperaturas no período de inverso, com ocorrência regular de geadas e chuvas bem distribuídas ao longo do ano. Isso, sem influência direto do oceano. O pinheiro-do-paraná, araucária, que está presente na bandeira do Estado, é a árvore mais marcante e sofre pela legislação vigente.

Enquanto impera uma legislação que veda todo tipo de corte de madeira do pinheiro em estágio adulto, as árvores recém-nascidas acabam ceifadas para não serem ‘um problema futuro’. Mesmo isolada, fora da mata ou numa composição local com inúmeras árvores, a atividade econômica de extrair madeira não é permitida. Diferente de outros locais do mundo em que fica em evidência a sustentabilidade e manejo.

Um projeto de lei, do deputado estadual Emerson Bacil que é de São Mateus do Sul, tramita no sentido de estabelecer uma legislação que torne o pinheiro sustentável ou então que se renumere quem preservou e mantém nativas por meio de recompensa viabiliza por outros proprietários que não detém remanescentes. “A proposta é discutir como ampliar os quantitativos florestais, sem que o pequeno proprietário pereça”, frisa o parlamentar.

O município possui uma área de 1.342,633 km², tendo sua população estimada População estimada em 47.137 mil habitantes (2021). Cerca de 58% vivem na sede urbana e 42% na área rural, distribuídos em cerca de cinco mil pequenas propriedades, conforme a prefeitura. Faz divisa como Antônio Olinto, São João do Triunfo, Mallet, Paulo Frontin, Rebouças e Rio Azul, além de Canoinhas e Três Barras, no estado de Santa Catarina.

Da redação com informações da prefeitura, governo estadual e centros de pesquisa e imagem de arquivo Portal

Veja também