Com R$ 300 mil destinados por Bacil, balsa do Mato Queimado caminha para licitação

 Com R$ 300 mil destinados por Bacil, balsa do Mato Queimado caminha para licitação

Moradores da região e usuários, especialmente das comunidades do Mato Queimado, Canoeiro e Água Azul precisam atravessar o rio Iguaçu, mas a balsa João Azambuja, que fazia a travessia entre Lapa e São João do Triunfo, está fora de circulação. Fazem três anos e meio do impasse e neste sábado (25/09) uma mobilização marcou cobrança por providências das prefeituras dos dois municípios.

A balsa era o principal meio de transporte para dezenas de famílias e, com a desativação, precisam percorrer quase 100 km, saindo da Lapa e passando por São Mateus do Sul para conseguir chegar em São João do Triunfo. A reforma da embarcação precisa passar por processo licitatório, após recurso destinado pelo deputado estadual Emerson Bacil. A prefeitura da Lapa garantiu empenho para a conclusão.

Emerson Bacil garantiu recursos de R$ 300 mil para a recuperação, contudo necessitando do trabalho do município da Lapa para licitar e recolocar a embarcação em funcionamento. O prefeito Diego Ribas disse estar empenhado na licitação e destacou a garantia do recurso encaminhado pelo deputado Bacil. A expectativa é de reiniciar a travessia até fevereiro ou março de 2022.

Além do prazo para reiniciar a travessia, sobre o balseiro, o prefeito da Lapa disse que será definido entre as prefeituras com perspectiva de estar operando em horário comercial de segunda a sexta-feira e finais de semana com possibilidade de regime em plantão. Há um acerto entre São João do Triunfo e a Lapa. Enquanto a balsa da Vila Palmira está sob responsabilidade triunfense a do Mato Queimado ficaria com os lapeanos.

Esse acerto, de décadas, acabou ficando à deriva, com a suspensão do serviço de travessia da balsa do Mato Queimado, mas, de acordo com as prefeituras, há interesse de que o acordo seja retomado, ou uma nova tratativa estabelecida. “Participei da mobilização porque me somo às pessoas que necessitam desse transporte e atuo para que essa reivindicação seja concluída. O dinheiro já indicamos”, frisa deputado Bacil.

“Não é apenas um recurso, mas faz parte da minha história de criança, da juventude. Quantas vezes usei dessa travessia com meus pais, minha família”, lembra Bacil. Para o deputado, o retorno da operação facilita muito a vida das pessoas que precisam da balsa para trabalhar ou mesmo lazer. “Temos a palavra do prefeito Diego Ribas, da Lapa, de que até fevereiro ou março estará funcionando”, concluí.
Com R$ 300 mil destinados por Bacil, balsa do Mato Queimado caminha para licitação…
Moradores da região e usuários, especialmente das comunidades do Mato Queimado, Canoeiro e Água Azul precisam atravessar o rio Iguaçu, para trabalhaou outros interesses, mas a balsa está fora de circulação. Fazem três anos e meio do impasse e neste sábado (25/09) estive junto da mobilização e cobrança por providências das prefeituras dos dois municípios (Lapa e São João do Triunfo).

No meu mandato garantimos recursos de R$ 300 mil para a recuperação, contudo necessitando do trabalho do município da Lapa para licitar e recolocar a embarcação em funcionamento. Temos a palavra do prefeito Diego da Lapa, de que até o mês de fevereiro ou março de 2022, estará em funcionando novamente. Conheço essa balsa desde criança e vou continuar empenhado em defender as pessoas que precisam dessa travessia. Vamos juntos!

Fotos e texto: Assessoria

Veja também