Em Ponta Grossa vereadores rejeitam nomear Rua em homenagem à Marielle Franco

 Em Ponta Grossa vereadores rejeitam nomear Rua em homenagem à Marielle Franco

O Projeto de Lei 028/2021, de autoria da vereadora Josi Kieras (Coletivo PSOL), teve o parecer contrário da Comissão de Obras aprovado em plenário por 12 votos frente a apenas cinco favoráveis. Dessa forma, a Câmara de Vereadores de Ponta Grossa rejeitou, na sessão plenária desta segunda-feira (31/05), a proposta de nomear a Rua N° Sete, Bairro de Uvaranas, em homenagem à Marielle Franco.

Assim, o projeto foi arquivado por 12 votos contrários e cinco favoráveis. A proposição de Josi Kieras visava homenagear Marielle Franco, nominando a Rua N° Sete, Bairro de Uvaranas, entre a Rua Manoel Marques e a Rua Serra do Cadeado. Contudo, tendo o parecer contrário da Comissão de Obras aprovado em plenário, o projeto segue para ser arquivado na Câmara de Ponta Grossa.

Marielle Franco era vereadora filiada ao Psol e ativista dos direitos humanos. Ela foi assassinada a tiros em 14 de março de 2018, no Rio de Janeiro, junto do motorista Anderson Gomes. Por todo o país, diversas Ruas tiveram seus nomes trocados em homenagem à ex-vereadora carioca. Proposição que o Coletivo PSOL tentou nos Campos Gerais, mas acabou rejeitado.

A vereadora disse repudiar a negação e desaprovação de uma das comissões da Casa frente ao Projeto que, segundo ela, contemplava uma grande mulher “assassinada covardemente pela milícia”. Ela argumentou que Marielle Franco se pautava em defesa de Direitos Humanos de grupos como negros, favelados, LGBTQIA+ e outras minorias do Rio de Janeiro. Josi Kieras foi incisiva em criticar a postura dos colegas.

Da redação com informações da CMPG e reprodução de imagem da CMPG

Veja também