Em Mallet e Paulo Frontin a PM e a vigilância, flagram festas com aglomerações

 Em Mallet e Paulo Frontin a PM e a vigilância, flagram festas com aglomerações

Em Paulo Frontin, a equipe da PM, foi acionada através de denúncia anônima, que estaria ocorrendo uma festa no interior do município com cerca de 50 pessoas, com som alto e aglomeração, no local. Os policiais se deslocaram no referido endereço e entraram em contato com o proprietário da residência, o qual relatou que se encontrava junto com familiares e apenas 09 pessoas estariam no total, o qual é permitido conforme decreto municipal 061/2021.

Já na cidade de Mallet, por volta das 19h20, à equipe da Polícia Militar, foi acionada pois segundo denúncia anônima estaria acontecendo uma festa em um estabelecimento comercial e que no local estaria cerca de 250 pessoas. Diante da situação foi acionado a Vigilância Sanitária e também uma agente do Setor Epidemiológico do município.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, ao chegar ao local, foi possível escutar música ao vivo e visualizar várias pessoas aglomeradas, não mantendo o distanciamento mínimo, bem como muitas não usavam máscaras de proteção, o qual é obrigatório conforme o Decreto Municipal. Os policiais identificaram o responsável pelo evento, onde relatou que é gerente do local. Questionado sobre o que estava sendo realizado, ele respondeu que seria um jantar para casais em comemoração ao dia dos namorados.  

Os policiais verificaram que no local estavam cerca de 76 pessoas, onde foram orientadas quanto ao risco que todos estavam ali praticando. Como foi constatada pela equipe policial a desobediência do decreto estadual nº7893/21 e decretos municipais 156/21, 164/21, foi dado voz de prisão e posteriormente conduzido o autor dos fatos até o Pelotão da Polícia Militar de Mallet, para a realização do termo circunstanciado e posteriormente liberado.

A Vigilância Sanitária realizou a identificação de todas as 76 pessoas e posteriormente foram liberadas a se retirarem do local, onde serão verificados os nomes junto às Secretarias de Saúde dos municípios de origem, para constatar se algum dos participantes se encontra em isolamento domiciliar ou até mesmo em quarentena por estar positivado pelo covid-19.

Da redação com informações Studio W

Veja também