Canoinhas encaminha “reversão de imóvel” da UnC alegando abandono

 Canoinhas encaminha “reversão de imóvel” da UnC alegando abandono

Em 2020, a Câmara de Canoinhas discutiu e votou, em 1º turno, o Projeto de Lei 40/2019, que o objetivo era justamente a reversão da cessão do terreno do antigo Colégio Comercial. O lote de 3.200m², segundo a prefeitura, não teve investimento por parte da Universidade do Contestado (UnC). A instituição protocolou consulta prévia sobre investimento e vereadores devem retomar discussão esta semana.

“UnC deixou de investir em Canoinhas há muito tempo”, afirma o prefeito Beto Passos. Segundo a gestão municipal, o prédio “está abandonado há anos”, no imóvel cedido à instituição e que está situado na esquina das Ruas Coronel Albuquerque e Getúlio Vargas, no Centro de Canoinhas. Disso o encaminhamento, por parte da prefeitura, do pedido para a aprovação do retorno para a municipalidade do lote e construção.

“A Universidade do Contestado (UnC) nunca apresentou proposta de projeto ao município para realização de investimentos no local. Por isso, em 23 de abril de 2019, foi aprovado em primeira votação na Câmara de Vereadores de Canoinhas a reversão do imóvel ao Município”, esclarece a prefeitura. A proposição deve entrar na pauta do Legislativo para nova votação, nos próximos dias.

“Na eminência da reversão da área a Universidade protocolou, no dia 2 de junho de 2021, junto à Secretaria de Planejamento, consulta prévia sugerindo que ali pudesse haver algum investimento”, acrescenta o município em nota à imprensa. A reversão de imóvel tem sido ação municipal desde o ano de 2017. Inclusive com outro terreno revertido da UnC para a prefeitura no Campo d’Água Verde, para implantar o Parque da Cidade.

“A UNC deixou abandonado o patrimônio que é de todos os canoinhenses e para reparar esta ineficiência, o imóvel está sendo revertido para o Município para que de fato seja utilizado. A UNC abandonou o terreno no Campo e também o imóvel do antigo colégio comercial. Chega de ficarmos estagnados. Canoinhas precisa continuar crescendo”, argumenta o prefeito Beto Passos.

Da redação com informações e foto da prefeitura de Canoinhas

Veja também