União da Vitória interdita acesso para um dos principais pontos turísticos da região

 União da Vitória interdita acesso para um dos principais pontos turísticos da região

O alto índice de infecção pela Covid-19, e em cumprimento ao Decreto Municipal 255/2021, fez com que a prefeitura de União da Vitória interditasse, na manhã desta sexta-feira (28/05), o acesso ao Morro do Cristo. Um dos principais atrativos turísticos da região Sul do Paraná e do município. Em média 40 mil pessoas por ano sobem até o alto da montanha para visitar uma das maiores estátuas de Jesus Cristo do Brasil.

O bloqueio do acesso, conforme a prefeitura, foi em “razão dos turistas ainda continuarem a utilizá-lo, mesmo no período em que o Decreto 255/2021 está em vigor, onde a utilização de espaços públicos, onde possa haver aglomeração e permanência de pessoas está proibido”. Haverá fiscalização no local, por meio do setor responsável do município com apoio das forças de segurança.

“Pedimos a população de União da Vitória, e também aos turistas que vem ao nosso município, neste período de agravamento do Coronavírus, que não visitem o Morro do Cristo, para evitar aglomerações no local, e assim evitar a proliferação do vírus”, explica Angela Horbatiuk, responsável pela fiscalização municipal de União da Vitória. A equipe tem atuado para coibir ações que burlam as determinações.

“Nos últimos dias, estivemos com a fiscalização municipal e com o apoio do 27º Batalhão da Polícia Militar, averiguando várias situações de aglomeração neste ponto turístico. O momento pede que sejamos mais duros, e por intermédio do prefeito Bachir Abbas, solicitamos junto a secretaria Municipal de Obras, que interditasse o acesso ao local”, completa a responsável pela fiscalização.

Segundo o setor de fiscalização, as pessoas que insistirem em frequentar o Morro do Cristo, durante este período de restrição, serão multadas no valor de R$ 600,00. O acesso para os moradores do local estará liberado, desde que, se dirijam para suas casas, e não para a visitação ao ponto turístico, conforme informou a prefeitura. Notificações tem sido corriqueiras no município por conta de desrespeito aos Decretos.

“Esperamos o mais breve possível, que esta situação crítica passe e que possamos liberar a visitação de todos os pontos turísticos à toda nossa população e aos turistas que visitam nosso município. Mas neste momento, temos que tomar atitudes mais rígidas afim de que sejam evitadas aglomerações de pessoas e a disseminação do vírus”, explica Bachir Abbas, prefeito de União da Vitória.

O artigo nono do decreto municipal 255/2021 publicado em 17 de maio, explica que estão proibidas as aglomerações e permanência de pessoas em espaços públicos. Nesse quesito se encaixam os parques públicos e demais espaços. Durante toda a semana União da Vitória teve número de casos ativos superior a 300. Nesta sexta-feira conta com 354 pessoas com a Covid-19 ativa.

Da redação com informações e foto da prefeitura de União da Vitória.

Veja também