Triunfenses terão que comprovar veracidade de documentos, podendo responder criminalmente

 Triunfenses terão que comprovar veracidade de documentos, podendo responder criminalmente

Foto: Divulgação Cohapar

A Cultura Sul FM entrou em contato com a Companhia de Habitação do Paraná (COHAPAR), para saber como é feita a escolha das pessoas beneficiadas pelo programa, já que na quinta-feira (27/05), foi divulgada a lista das pessoas contempladas no programa Casa Fácil Paraná, Residencial São João do Triunfo, gerando uma grande polêmica em relação há alguns nomes que foram contemplados.  

Para a Cultura, Orlando Senff Junior, chefe regional da Cohapar de União da Vitória, contou que 278 pessoas estão inscritas, no programa no município de São João do Triunfo, para 30 casas. Ele explicou, que a classificação das pessoas beneficiadas pelo programa, aconteceu seguindo critérios sociais normativos, sendo realizado pela Cohapar, com base nas informações repassadas no cadastro online de 10 de janeiro de 2019 à 10 de janeiro de 2021.

“Foram consideradas aptas as inscrições que cumpriram os seguintes requisitos: renda mensal entre 1,24 salários mínimos a 6 salários mínimos, pessoas que nunca foram atendidas com outros subsídios, analise positiva de capacidade de pagamento e endividamento”. Senff disse ainda, que para a classificação de prioridade de atendimento, a Cohapar utilizou os seguintes critérios:

Residente insalubres, desabrigados, comprovado por documento público. Composição de núcleo familiar com mulheres chefes de família comprovado por alto declaração. Composição do núcleo familiar das quais fazem parte pessoas com deficiência desde que comprovada com atestado médico. Inscritos no programa Bolsa Família ou Benefício de Prestação Continuada (BPC) no âmbito da Política de Assistência Social, comprovadas por declaração do ente público. Composição do núcleo familiar com crianças e adolescentes.

Ele frisou ainda, que nesse segundo momento as pessoas que foram selecionadas terão que comprovar todas as informações repassadas, e caso não comprovem, elas podem responder criminalmente. “Uma das regras para ser selecionado é que a pessoa não pode ter imóvel em seu nome, a partir disso, já tivemos uma desistência, pois a pessoa não se enquadra nessa regra. Temos 24 pessoas aprovadas em uma lista de espera, a partir disto, quando uma for eliminada não atendendo o que é solicitado, uma outra pessoa será chamada da lista. As pessoas selecionadas vão assinar uma declaração que não tem imóvel e nunca tiveram, podendo responder criminalmente”, frisou Senff.

Por meio do programa Casa Fácil Paraná, a Cohapar financia diretamente a construção de casas para famílias com renda de um a seis salários mínimos. As condições de pagamento facilitadas incluem a ausência de cobrança de valor de entrada e prestações mensais reduzidas de financiamento, que pode ser quitado em até 360 meses.

A execução das obras é realizada em áreas doadas pelos municípios ou de propriedade da Cohapar, por construtoras selecionadas via procedimento licitatório promovido. O valor de compra das unidades habitacionais varia entre R$ 65 mil e R$ 95 mil de acordo com as características de cada empreendimento.

Lista completa dos contemplados(as) para o residencial São João do Triunfo:

1 PAULA ANDREIA RISKE SILVA

2 DELCINETE KIERAS

3 VALDIR TEIXEIRA DE MIRANDA

4 ZILMARA RUTECOSKI WOINARSKI

5 ELENICE SANSON DISTEFANO

6 IVONETE DE JESUS FELIX DOS SANTOS

7 MEIRE HELEN GERALDO

8 KARINE DE LIMA TEIXEIRA

9 ANA LUISA DA SILVA

10 BERTILA APARECIDA SANTANA E SILVA

11 NATALIA DA SILVA

12 ALICE APARECIDA DOBINSKY PAULA

13 MARIA INEZ CORREIA

14 MARISE DA CONCEIÇÃO SANT’ ANA

15 ROSANGELA DA SILVA SOUZA

16 SILMARA APARECIDA SOARES

17 JORACI HELENA DE SOUZA LIMA

18 ANDRÉIA VIENSKI

19 LUCI MARIA CHIMANSKI SIBERT

20 JOCIANE DOS ANJOS AMÉRICO

21 LUCIMAR GORDIA

22 MARLENE XAVIER WICHINHESKI

23 ADRIEL MACHADO

24 IVETE APARECIDA RIBAS DA SILVA

25 JEANINE MARIA BUGAI

26 JOÃO OSNI SOARES

27 MARIA JOSE ANDRADE CHICANOSKI

28 AUELIDA DANIELE DAL COMUNI

29 KELI STEMPNHAK MARQUES

30 ADRIANA MACHADO

Da redação Cultura Sul FM com informações da Cohapar

Veja também