PM prende três envolvidos em sequestro e procura 2ª vítima de assalto, em União da Vitória

 PM prende três envolvidos em sequestro e procura 2ª vítima de assalto, em União da Vitória

A Polícia Militar (PM) elucida mais fatos relacionados a um crime violento. Nesta terça-feira (18/05) uma mulher pediu socorro em Porto Vitória, na região da Anta Gorda, ferida à bala. A vítima e o marido foram abordados no domingo (16/05) à tarde no bairro Cidade Jardim em União da Vitória e levados para um cativeiro. Na manhã desta quarta-feira (19/05), mais detalhes foram revelados sobre o caso.

A mulher, após pedido de socorro, foi levada para um Hospital de União da Vitória, com ferimentos por todo o corpo e dois tiros, e revelou suspeitos de envolvimento com o cárcere privado e tentativa de homicídio. Dois homens e uma menor foram detidos pela PM que procura outros dois acusados de envolvimento no crime contra o casal. Não foram descritos, ainda, supostos motivos do sequestro e nem sobre as agressões.

Após serem abordados na residência, a mulher e o marido foram levados para interior de Porto Vitória, sendo mantidos no sequestro. Na Colônia Anta Gorda, onde a vítima foi localizada após pedir socorro, ela e o esposo sofreram agressões e foram alvejados. A vítima disse que se fingiu de morta para despistar os bandidos. Ao ser atendida, já no hospital, ela citou o local do cativeiro que levou à abordagem de suspeitos.

No local indicado pela mulher, a PM se deparou com três indivíduos, dois homens e uma mulher menor de idade. Os nomes e características haviam sido repassados previamente pela vítima, sendo reconhecidos posteriormente por ela, de acordo com o relato policial. Os três foram conduzidos para a 4ª Subdivisão Policial (SDP) de União da Vitória e devem ser ouvidos pela equipe da Polícia Civil.

Além desses indivíduos, a mulher deu detalhes que possibilitaram a identificação de outros dois que teriam participado ativamente dos crimes. Sobre o marido, de acordo com a Polícia, uma força tarefa (Corpo de Bombeiros e forças policiais) fez buscas, mas não localizou o desaparecido. Na manhã desta quarta-feira deve seguir a operação policial na tentativa de encontrar o homem e mais detalhes devem ser revelados.

Vários pontos ainda estão em investigação. O paradeiro do marido da vítima sendo o principal deles. Também se o crime teria motivação de roubo, pedido de resgate pelo cárcere privado imposto, acerto de contas por algum fato anterior. A própria versão citada da mulher, que inicialmente estava receosa ao pedir socorro e depois revelou detalhes que levaram à identificação dos acusados. Bem como, arma usada na abordagem.

Da redação com informações da PM

Veja também