Paraná ultrapassa 50% do grupo prioritário vacinado com 1ª dose contra Covid-19

 Paraná ultrapassa 50% do grupo prioritário vacinado com 1ª dose contra Covid-19

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Mais da metade do grupo prioritário estabelecido pelo Ministério da Saúde recebeu a primeira dose (D1) da vacina contra a Covid-19 no Paraná. De acordo com o Vacinômetro do Sistema Único de Saúde (SUS), o Estado alcançou nesta segunda-feira (31) a marca de 2.512.993 pessoas imunizadas com a aplicação inicial. O quantitativo equivale a 52,2% do conjunto formado por 4.812.142 paranaenses. 

Desses, 1.172.102 concluíram o ciclo vacinal (24,3%), garantindo também a segunda dose (D2) e a proteção por completo. No total, os 399 municípios do Paraná aplicaram 3.685.095 doses.

“Contamos com a colaboração de todos os municípios para que possamos vacinar cada vez mais paranaenses”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Números que devem avançar significativamente nos próximos dias com a distribuição de mais vacinas por parte do Governo do Estado. Nesta segunda-feira, a Secretaria da Saúde encaminhou 37.440 doses produzidas pela Pfizer/BioNTech a 21 municípios paranaenses. Está prevista ainda a chegada nesta semana de uma nova remessa de imunizantes da AstraZeneca ao Paraná – a Fiocruz concluiu também nesta segunda a entrega de 6,5 milhões de doses ao governo federal.

Cronograma que permitiu ao Estado ampliar o alcance das pessoas a serem vacinas, com a recente inclusão de trabalhadores portuários, ligados à assistência social e população geral de 18 a 59 anos. “O objetivo do Estado e a orientação do nosso governador Ratinho Junior caminham juntos: descentralizar as doses rapidamente e fazer com que as vacinas cheguem até os paranaenses”, disse Beto Preto.

FAIXAS – Considerando os números absolutos, foram imunizados com a primeira dose 495.127 pessoas com idade entre 60 e 64 anos; 417.127 entre 60 a 64 anos; 347.624 trabalhadores da saúde; 305.203 entre 70 a 74 anos; 283.835 pessoas com comorbidades; 226.771 com mais de 80 anos; 207.957 entre 75 a 79 anos; e 52.256 trabalhadores da educação do ensino básico. 

O painel aponta, ainda, que 34.196 primeiras doses foram destinadas para vacinar pessoas com mais de 60 anos institucionalizadas; 16.912 para pessoas com doenças permanentes graves; 11.766 para forças de segurança e salvamento; 11.733 para gestantes e puérperas; e 9.209 para indígena.

Além desses, também há registros de vacinação nos outros grupos prioritários elencados no Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19. O painel é abastecido com informações dos municípios.

CIDADES – Também em números absolutos, segundo a ferramenta do SUS, Curitiba foi a que mais imunizou, com 669.348 aplicações, levando em consideração as duas doses, seguida por Maringá (217.228), Londrina (213.823), Cascavel (112.867), São José dos Pinhais (105.216), Ponta Grossa (87.270), Foz do Iguaçu (81.395), Colombo (54.823), Guarapuava (51.763), Paranaguá (48.593), Arapongas (41.501) e Toledo (40.549).

Já o ranking da vacinação elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde aponta que proporcionalmente os municípios com maior taxa de proteção com a primeira dosagem são São Jorge d’Oeste (43,48%), Diamante do Norte (42,65%), Pontal do Paraná (40,13%), Kaloré (35,84%) e Bom Jesus do Sul (33,77%).

Em relação à segunda aplicação, Nova Santa Bárbara (23,54%), Nova Laranjeiras (22,31%), Diamante do Norte (20,26%), Tamarana (19,61%) e São Jorge d’Oeste (19,50%) foram os que mais avançaram.

AEN

Veja também