Maio deve terminar com frio intenso e junho começa gelado

 Maio deve terminar com frio intenso e junho começa gelado

Foto: Enviada por whatsapp/Jr. Rocha

A masa de ar frio de origem polar que atingiu o Brasil neste início de semana e que registrou as temperaturas mais baixas do ano, começa a perder força. Mas, conforme informações do Climatempo, uma nova massa de ar polar vai chegar ao Brasil e promete ser a mais intensa de 2021, até o momento.

Essa massa de ar polar começa a entrar no Brasil no domingo, 30 de maio, quando já provoca queda de temperatura. Entre terça e quarta-feira o frio deve se intensificar,  pois o centro da massa de ar polar (que é a região mais fria), estará sobre o Sul do Brasil, inibindo a formação de nuvens e favorecendo a subsidência do ar.

Ainda, segundo o Climatempo, a Região Sul será a mais influenciada pelo sistema, mas o frio será o destaque em muitas áreas do Sudeste e do Centro-Oeste do Brasil. Novos recordes poderão ser batidos e geada também serão observados em áreas do Sul, sul de Mato Grosso do Sul e até em áreas do sul de São Paulo e Serra da Mantiqueira.

No Sul, as temperaturas devem voltar a ficar negativas durante as madrugadas, com mínimas previstas em torno de -4°C nos pontos mais altos, como por exemplo São Joaquim, em Santa Catarina

Nesta terça-feira (25), 105 estações meteorológicas brasileiras registraram temperaturas abaixo dos 3°C, incluindo os estados de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, sul de Minas Gerais, São Paulo. Dessas, 32 apresentaram valores negativos. 

Confira abaixo algumas temperaturas mínimas negativas registradas no Sul do Brasil nesta terça-feira.

  • -4,7°C Urupema/SC (CIRAM
  • 3,5°C Urubici/SC (CIRAM)
  • 3,3°C General Carneiro/PR (INMET)
  • 3,0°C Bom Jardim da Serra (CIRAM)
  • 2,4°C Vacaria/RS (CIRAM)
  • 1,5°C São Joaquim/SC (CIRAM)
  • 0,9°C Monte Castelo/SC (CIRAM)

Com informações do Climatempo

Veja também