População pode contribuir com o HMDPF através da fatura da luz

 População pode contribuir com o HMDPF através da fatura da luz

Adriana no estúdio da Cultura Sul FM

A Gerente Geral do Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes (HMDPF), Adriana da Cruz e Silva, foi a entrevistada desta quinta-feira (15/04), trazendo informações sobre os recursos vindos do governo do estado, que passaram dos 500 mil reais, destinados para compra de equipamentos, que vão de encontro ao anseio das necessidades da instituição, falou sobre os meios de comunicação e prestação de contas do hospital, e ainda sobre campanhas em busca de arrecadar dinheiro para contrapartida necessária para usar o recurso que já está na conta do HMDPF.

O valor que veio para o hospital foi disponibilizado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)/Fundo Estadual de Saúde do Paraná (Funsaúde), somando o valor de R$ 549.109,62. O valor destinado foi por indicação do deputado estadual Emerson Bacil, representante da região, Adriana explicou como esse pedido chegou até o deputado, que se solidarizou e trabalhou para que conseguissem que essa solicitação fosse atendida.

“O processo desse recurso de equipamentos começou no ano passado. Então a administração do hospital procurou o deputado, fazendo uma solicitação para aquisição de equipamentos. Essas solicitações repassadas, foram das equipes dos profissionais, dos médicos, visando melhorar o atendimento dos pacientes dentro do hospital”, relatou.

A aquisição é dos seguintes equipamentos: Arco cirúrgico, aparelho de ultrassom, colposcópio, três camas hospitalares elétricas PPP, camas para atender no pré-parto, parto e pós-parto, que são camas adaptadas pra todo o processo da gestante, duas lavadoras hospitalar convencional e uma centrífuga hospitalar. Adriana explicou que o governo liberou 95% do recurso solicitado e 5% a instituição precisa entrar como forma de contra partida.

“Quando realizamos o projeto com os orçamentos, a contra partida do hospital era de R$ 28.900,51, mas muitas empresas não conseguiram segurar os preços, muitos equipamentos são importados, e as empresas alegam que elas não têm em estoque, eles são produzidos como os pedidos chegam, com isso, teve um aumento, só no arco cirúrgico o aumento foi de 58 mil reais, em relação ao primeiro orçamento, com isso, a contra partida do hospital passou para R$ 128.590, 38”, explicou Adriana.

Devido esse aumento significativo a instituição está organizando uma rifa do dia dos pais, com vários prêmios em dinheiro que logo mais será lançada para toda comunidade. “Todo o valor arrecadado com a rifa será destinado para a contra partida”. Outra forma que o hospital encontrou de arrecadar foi através da parceria com a Copel, onde o contribuinte assina um termo disponibilizando qualquer valor acima de cinco reais, que será descontado na conta de luz, e será repassado a instituição.

“Essa é uma contribuição mensal, no formulário a pessoa pode especificar quanto tempo quer contribuir, porém, caso resolva parar de doar antes, pode pedir esse desligamento da contribuição solicitando na Copel ou no hospital, esse cancelamento será lançado automaticamente no sistema. Se cada um ajudar um com um pouco, logo conseguimos o valor necessário para a contra partida, fica o nosso pedido à toda população”, frisou.

 

A entrevista completa com a Adriana está em Live, disponível no Facebook do Portal Cultura Sul FM e no YouTube do Portal Cultura Sul com mais detalhes.

 

Para contribuir com o hospital com depósito bancário

Banco: Sicob

Hospital e Maternidade Dr. Paulo Fortes

Agencia: 3031

Conta: 33488 0

 

Para realização de PIX 

Chave de acesso é o CNPJ 81.356.321/0001-25

 

Redes sociais da instituição

Site: https://hospitaldrpaulofortes.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/hpaulofortes/

Veja também