Hospital do Coração Bom Jesus de Ponta Grossa completa 59 anos de atendimento

 Hospital do Coração Bom Jesus de Ponta Grossa completa 59 anos de atendimento

Fundado em 22 de 1962, o Hospital do Coração Bom Jesus (HCorBJ) é uma instituição beneficente, filantrópica e religiosa, pertencente à Congregação das Irmãs Servas de Maria Imaculada. Sendo referência em atendimento humanizado e qualificado nas mais diversas especialidades. Na pandemia, conta com 11 leitos específicos para Covid-19 e outros 11 para outras enfermidades.

A informação da assessoria do HCorBJ cita que atende as seguintes especialidades: cardiologia, cirurgia geral, cirurgia ortopédica, cirurgia vascular, cirurgia do aparelho digestivo, cirurgia plástica, neurologia e neurocirurgia, otorrinolaringologia, urologia, oncologia clínica e cirurgia, entre outras, além do atendimento a pacientes através do Sistema Único de Saúde (SUS) conforme contrato com o Estado.

A unidade vem superando desafios e construindo sua história, nestas seis décadas segundo a diretora do HCorBJ, Irmã Margarida Hlatchuk. “Com o passar das décadas evidenciamos que juntos conseguimos enfrentar batalhas e através de muito esforço e apoio de Deus, tivemos muitos finais felizes, e é isso que motiva a continuar essa história”, destaca a religiosa que comanda o hospital.

“Oferecer assistência hospitalar com qualidade e segurança, humanizada e autossustentável, baseado nos princípios cristãos”, é a missão do HCorBJ. E como valores o crescimento contínuo, a eficiência, a segurança, a organização, o comprometimento, a qualidade, a transparência, os princípios cristãos, a gestão, a história e a humanização. Na atuação das Irmãs da Congregação Servas de Maria Imaculada.

De acordo com a diretora, durante os 59 anos de dedicação, inovação e fé o HCorBJ teve muitas vitórias, graças aos colaboradores, médicos, comunidade, fornecedores, parceiros, pacientes e as Irmãs da Congregação Servas de Maria Imaculada. Desde 1960, quando o padre Rafael Lototski (Pároco, na época, da Igreja Transfiguração de Nosso Senhor), sabendo do anseio do médico Dr. Bartolomeu Lisboa em melhorar a saúde da comunidade de Ponta Grossa, sugeriu a construção de um Hospital.

A obra foi levantada num terreno da Congregação das Irmãs situado em frente à Igreja. Foi fechada a negociação com relação ao terreno. No acordo constava que as Irmãs viessem trabalhar no Hospital desde o primeiro dia de sua abertura. Para efetivar a construção, o Dr. Lisboa contou com o auxílio dos seguintes empresários: Domingos Gnata, Mariano Chafka, Nicolau Schafranski, Sebastião Tramontim e Vitor Novelin.

Em 22 de abril de 1962, concluiu-se a primeira parte da obra e o Hospital foi colocado à disposição do público, sob a coordenação geral clínica e administrativa do Dr. Bartolomeu Lisboa. Os demais serviços ficaram sob a responsabilidade das Irmãs: Ir. Paula Leuch, Ir. Nicodema Snak, Ir. Petronila Lukavei e Ir. Dária Ratuchnei.

Em dezembro de 1965, o Hospital foi colocado à venda, e adquirido pela Congregação das Irmãs Servas de Maria Imaculada, compra esta, feita pela Irmã Bartoloméia Feduz, Superiora Provincial da época. Desta data em diante, as Irmãs terminaram a construção iniciada. Ampliaram o Hospital e investiram em equipamentos, materiais médicos hospitalares, recursos humanos e em 1992 foi fundado o Plano de Saúde “Consaúde”.

Consagrando uma vocação despertada desde seus mais antigos alicerces, contanto com a dedicação e o amor da Congregação das Irmãs Servas de Maria Imaculada e exercida por profissionais visionários através do pioneirismo e protagonismo incomparáveis na prestação de serviços inovadores e a frente de seu tempo em Cardiologia, a partir de 2 de setembro de 2020 o Hospital Bom Jesus passa a se chamar Hospital do Coração Bom Jesus (HCorBJ).

Da redação Cultura Sul FM com informações e imagem do HCorBJ

Veja também