Deputado Bacil destaca decisão de priorizar a vacinação de policiais no Paraná

 Deputado Bacil destaca decisão de priorizar a vacinação de policiais no Paraná

“Em São Mateus do Sul já tínhamos oito policiais afastados por suspeita ou confirmação de Covid-19. Ontem, sábado [13/03], mais quatro”, disse o deputado estadual Emerson Bacil no dia 15 de março. Data em que ele requereu ao Governo do Paraná a prioridade de vacinação contra Covid-19 para os profissionais de segurança pública. Nesta segunda-feira (12/04), o parlamentar comemorou a decisão da Justiça e o interesse expresso pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior em imunizar servidores da polícia.

O juiz Gilson Luiz Inácio, da 4ª Vara Federal de Londrina, defendeu, em decisão proferida, que os demais grupos não foram excluídos da previsão prioritária de vacinação e que a imunização dos profissionais das forças de Segurança é ‘imprescindível para o funcionamento da sociedade’. Segundo o magistrado, por haver alteração constante da forma de contaminação e que aos policiais estão diretamente na rua trabalhando.

Sendo “extremamente sujeita a risco elevado de contágio, na medida em que a esses integrantes das forças de segurança não é sugerido o fique em casa, se puder; ao contrário, a eles é imposto o dever de garantir, nas ruas, a manutenção e o funcionamento do essencial para a sociedade, que, em grande parte, como reiteradamente noticiado pela imprensa, negligencia o cumprimento das orientações médicas”, proferiu o juiz da Justiça Federal de Londrina.

A decisão favorável permite que os governadores façam ajustes nos grupos prioritários e entende que não cabe ao Judiciário interferir nos critérios estabelecidos para distribuição das doses. A preocupação de Emerson Bacil, há um mês atrás, segue eminente. “Precisamos dos policiais na nossa segurança. São fundamentais para a sociedade. Estão colaboração com as ações de fiscalização e o tempo todo nas ruas”, frisa.

O deputado observou que muitos policiais acabaram por se contaminar com o Coronavírus e quando isso ocorre a segurança fica desguarnecida. Disso o requerimento em 15 de março para inclusão na prioridade de imunização contra Covid-19. Com a decisão da Justiça Federal, o Governo pode priorizar o setor, sem necessariamente deixar outros grupos sem a imunização.

Emerson Bacil destacou ainda o bom atendimento e o interesse do secretário de Segurança Pública do Paraná (Sesp), coronel Romulo Marinho Soares, em sempre estar disposto em ouvir as reivindicações e pelo empenho em prol de soluções. “Agradeço ao secretário Coronel Marinho que nos ouve e está de prontidão por decisões que melhorem a segurança dos paranaenses”, reafirmou o deputado.

Veja também