Com criatividade, mês da mulher não passará despercebido

 Com criatividade, mês da mulher não passará despercebido

(Crédito: Nadzeya Dzivakova/istock)

De forma criativa, departamento de cultura de São Mateus do Sul, busca lembrar e comemorar o mês da Mulher. Março é o “mês da Mulher”, visto que é nesse mês que é comemorado o Dia Internacional da Mulher. Vários eventos influenciaram a criação da data, dois entre eles são lembrados como determinantes para sua oficialização.

O primeiro relacionado ao incêndio na fábrica de roupas Triangle Shirtwaist, onde as condições de trabalho eram horríveis, 1911 e o segundo, marco da história, a marcha das mulheres russa por pão e paz em 1917, dando início a uma revolução de efeitos globais que refletem até hoje. No Brasil, anualmente são realizados diversos eventos alusivos à data, com caminhadas, palestras, shows, debates e outras atividades que buscam de forma diferenciada abordar a temática.

Mulheres que fizeram história

Mônica Zampier, diretora de Cultura e Turismo de São Mateus do Sul, disse que foi pensando nisso, que o departamento resolveu inovar na realização de atividades voltadas ao tema, já que em meio a pandemia, não é possível realizar aglomerações, os “eventos”, alusivos ao mês da mulher no município, vão ser online, através das mídias da prefeitura, não deixando a data passar despercebida.

 “Nos planejamos com vídeos, voltados à mulher, tentando levar informações através das redes sociais. Nessa primeira semana a ideia é lançar dois vídeos, um com a professora Hilda, e outro com o professor Wagner, abordando temas de resgate histórico, importância que se dava ao casamento, enxovais, também sobre mulheres que fizeram história no município, como a dona Titina”, explicou Mônica.

Ela contou que na segunda semana de março, terão uma mestranda em história que estará falando sobre a importância da data oito de março, que muitos confundem acreditando ser uma data comercial, e não, ela explicará que é uma data de direito políticos sociais civis. “Já na terceira semana teremos um vídeo do projeto amantes da leitura, um material lindo e muito sensível, falando da autora do livro “Orgulho e preconceito”, contou.

Diferentes físicos, crenças, raças e estilos, mas todas mulheres

Teremos ainda um vídeo com uma convidada falando sobre a Lei, Maria da Penha, e sobre os direitos da mulher. “E vamos encerrar com a nossa prefeita, que também faz história, sendo a primeira mulher à frente do poder executivo de São Mateus do Sul, então, nada melhor do que encerrar o mês da mulher com ela, falando para as mulheres do munícipio”, concluiu Mônica.

Da redação Cultura Sul

Veja também