Assessor de Leonardo morre baleado acidentalmente na fazenda do cantor

 Assessor de Leonardo morre baleado acidentalmente na fazenda do cantor

foto: Instagram

Passim foi encontrado morto no banheiro da suíte em que estava hospedado, na quinta-feira (04/03), e Leonardo foi uma das primeiras pessoas a ver o corpo. Segundo o delegado Kléber Toledo, o cantor sentiu falta do amigo na hora no almoço, chamou e, como ele não respondeu, mandou que funcionários arrombassem a porta da suíte.

O cantor Leonardo publicou nas redes sociais uma homenagem ao assessor e amigo Nilton Rodrigues da Silva, conhecido como “Passim”, que morreu na fazenda Talismã, em Jussara, no oeste de Goiás. Na postagem, o artista definiu o ocorrido como uma “tragédia” e lamentou:

“Perdi meu primo-irmão, amigo, companheiro e parceiro de todas as horas. […] Estamos sem chão, uma dor que pensava nunca mais sentir na vida”, escreveu.

As investigações apontaram, inicialmente, que Passim atirou acidentalmente nas próprias mão e perna. A Polícia Civil apurou, à princípio, que o assessor estava sozinho no momento do acidente e tentou estancar o sangramento, mas que não resistiu à hemorragia.

A corporação estima que os tiros foram disparados por volta de 2h, mas o corpo da vítima foi encontrado às 12h30. Segundo a Polícia Civil, inicialmente, o fato havia sido noticiado como possível suicídio, o que foi afastado pelas equipes após uma perícia inicial. A assessoria de Leonardo já havia informado, ainda na quinta-feira, que “a morte foi acidental”.

A esposa de Leonardo, Poliana Rocha, também publicou nas redes sociais textos falando sobre a companhia do amigo e a falta que ele faz:

Veja também