Apreensão de drogas e armas aumentaram 50% na pandemia

 Apreensão de drogas e armas aumentaram 50% na pandemia

O ano de 2020, foi um ano atípico com a pandemia, não sendo diferente com a Policia Militar de São Mateus do Sul, que se remodelou para trabalhar dentro das normas estabelecidas nos decretos estaduais, com isso, segundo o Tenente Henrique Pilz Tschoeke, 2020 foi um ano diferente em muitos setores, diminuindo ocorrências em várias áreas.

Pilz conversou com a equipe do Cultura Sul Notícias, e fez um balanço das atividades desenvolvidas pela equipe. Segundo ele o ano começou calmo até março, momento que teve um pico nas ocorrências na cidade e região. “Falamos que essa época é o início do ano, após o carnaval e logo em seguida tivemos o pico da pandemia, onde caiu drasticamente as ocorrências”, lembrou.

O tenente relatou que após o meio do ano voltou a subir as ocorrências. “Realizamos muitas apreensões de drogas e apreensão de armas, aumentando em 50% essas apreensões, mas junto com essa repreensão, com a “perda”, dessas drogas, essas pessoas, acabaram realizando roubos, um deles foi em um posto, outro no restaurante do Cantu”, relembrou.

Segundo Pilz, com a pandemia muitas pessoas ficaram em casa, o que fez com que os furtos em residências diminuíssem muito, já que muitas famílias viajavam nos finais de semana deixando às casas sozinha, com isso os furtos eram constantes.

Ele comentou ainda que a atividade criminal retornou ao seu “normal”, no final do ano, assim como a população começou a negligenciar a pandemia, não usando em todos os locais públicos a máscara. Estabelecimentos comercias, bares e casas noturnas estavam atendendo fora da hora do decreto. “Nós já estamos tomando algumas medidas a cerca de fazer algumas operações e bater em cima desses estabelecimentos que estão descumprindo descaradamente o decreto municipal”, salientou Pilz.

O Tenente frisou que sabe que todos já estão cansados de ficar em casa e é normal querer sair, mas é preciso seguir os decretos, usar máscara, não ficar nas ruas após os horários estabelecidos, visando sempre o seu bem estar, assim como de todos do seu convívio. “Estamos felizes com a chegada da vacina, mas agora não é o momento de ficar saindo, tudo tem que ser feito da maneira correta e esperar a hora certa”, finalizou.

Informações e foto da Redação do Portal Cultura Sul Notícias

Veja também