Eleições para diretores(as) das escolas estaduais são suspensas pela justiça

 Eleições para diretores(as) das escolas estaduais são suspensas pela justiça

imagem ilustrativa/internet

Nesta terça-feira (8),a juíza Patricia de Almeida Gomes Bergonse da 5ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, , concedeu liminar suspendendo a realização das eleições para diretores(as) das escolas estaduais, que aconteceriam quarta-feira (9). A decisão atende pedido do Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio da Promotoria de Justiça de Proteção à Saúde Pública de Curitiba.

Foram suspensas as eleições sendo visado o descumprimento do Decreto Estadual n. 6.294/2020, em que estão proibidos eventos presenciais que causem aglomerações com grupos de mais de 10 pessoas.

“É clara a possibilidade de contato físico entre os participantes/votantes, com formação de aglomeração não somente das pessoas que irão aos locais de votação, mas também, face a existência de mesas receptoras de votos, mesas escrutinadoras, fiscais, entre outros”, frisou a juíza. Clique aqui para ler a íntegra da decisão.

A realização de eleições para diretores(as) das escolas públicas deve movimentar mais de 1 milhão de pessoas em todo o estado, entre professores(as), funcionários(as), estudantes, pais e responsáveis.

Em relação a prova PSS, mais de 40 mil candidatos estão aptos para fazer a avaliação em 32 municípios do estado. Inicialmente previstas para o dia 13 de dezembro, foram transferidas para o dia 20 de dezembro.

Veja também