Cursos das Universidades Estaduais se destacam em avaliação do MEC

 Cursos das Universidades Estaduais se destacam em avaliação do MEC

Dos 81 cursos de graduação das Universidades Estaduais do Paraná avaliados pelo Ministério da Educação (MEC), 74% foram classificados como de excelência no Conceito Preliminar de Curso (CPC). O CPC é um dos principais indicadores de qualidade do Ensino Superior.

O indicador, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) avaliou em 2019, bacharelados nas grandes áreas da Saúde, Ciências Agrárias, Engenharias e áreas afins, além de cursos tecnológicos. Ao todo, foram ranqueados 60 cursos das universidades estaduais com nota 5 (nota máxima) ou 4 (classificados como ótimo).

O CPC é um indicador de qualidade formado por diferentes aspectos: o desempenho dos estudantes concluintes no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade); o valor agregado pelo processo formativo oferecido; titulação e o regime de trabalho dos docentes vinculados aos cursos, infraestrutura e instalações físicas, além das oportunidades na formação acadêmica e profissional dos estudantes.

“O CPC analisa o desempenho dos estudantes no Enade e avalia também em que medida a universidade agregou conhecimento ao estudante. Os resultados divulgados demonstram que o esforço da sociedade paranaense e do Governo do Estado em investir no Ensino Superior resulta em qualidade e desenvolvimento para a sociedade paranaense”, destaca o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona.

CURSOS DE GRADUAÇÃO – A Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) alcançou a nota máxima em três cursos de graduação: Medicina Veterinária, Agronomia e Educação Física. Farmácia, Enfermagem, Fonoaudiologia, Nutrição, Fisioterapia, Engenharia de Alimentos, Engenharia Ambiental e Engenharia Florestal receberam o conceito 4.

“A avalição demonstra a seriedade do trabalho desenvolvido por toda a comunidade acadêmica. É um orgulho pertencer a uma universidade do Interior do Paraná que tanto trabalha em prol do desenvolvimento de Guarapuava e de toda a região. O dinheiro público investido na universidade traz resultados e a Unicentro é patrimônio do povo do Paraná”, destaca o reitor Fabio Hernandes.

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) obteve conceito 5 no curso de Medicina Veterinária, além de nota 4 nas graduações de Odontologia, Medicina, Agronomia, Farmácia, Enfermagem, Fisioterapia, Zootecnia, Biomedicina, Engenharia Civil e Engenharia Elétrica.

Na Universidade Estadual de Maringá (UEM), o destaque ficou por conta do curso de Engenharia Civil, nota máxima na avaliação (5). Medicina Veterinária, Odontologia, Medicina, Agronomia (nos campi de Maringá e Umuarama), Farmácia, Arquitetura e Urbanismo, Enfermagem, Biomedicina, Educação Física, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Alimentos e Engenharia Química atingiram a nota 4 e estão entre os mais bem avaliados do Paraná.

O curso de Medicina da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), também alcançou nota 5, seguido pelas graduações em Odontologia, Agronomia, Farmácia, Enfermagem, Zootecnia, Educação Física, Engenharia Civil e Engenharia de Alimentos com nota 4.

Na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), 11 cursos atingiram o conceito 4, são eles: Odontologia, Agronomia, Farmácia, Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia, Zootecnia, Educação Física , Engenharia Civil e Engenharia Elétrica.

A Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) atingiu a nota 4 no curso de Enfermagem e a Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) teve o curso de Engenharia de Produção com conceito 4.

AEN

Veja também