Acadêmicos da UEPG realizam estudo sobre Coronavírus em Tibagi

 Acadêmicos da UEPG realizam estudo sobre Coronavírus em Tibagi

Foto: Prefeitura de Tibagi/Divulgação

A COVID-19 é uma doença causada pelo novo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a maioria (cerca de 80%) dos pacientes com COVID-19 podem ser assintomáticos ou oligossintomáticos (poucos sintomas), e aproximadamente 20% dos casos detectados requer atendimento hospitalar por apresentarem dificuldade respiratória, dos quais aproximadamente 5% podem necessitar de suporte ventilatório. Estudos apontam que a transmissão ocorre por meio da absorção de gotículas liberadas pela tosse ou espirro de uma pessoa infectada ou pelo contato com superfícies contaminadas pelo vírus. A doença tem afetado grandemente a região dos Campos Gerais, assim a presente pesquisa, tem o intuito de apresentar a evolução dos casos confirmados e óbitos por COVID-19 no município de Tibagi, durante o período de 1º de junho a 30 de setembro. Para tanto buscou-se os dados da SESA (Secretaria Estadual de Saúde do Paraná) que permitiram averiguar a evolução da pandemia no município.

O mês de junho (gráfico 1) em Tibagi foi marcado pelo primeiro caso da doença, sendo este confirmado no dia 06 de junho. Durante doze dias houve estabilidade, ou seja, não foram registrados novos casos. No entanto durante os dias 19, 27 e 28 ocorreram novos registros de casos da doença, demostrando o avanço do vírus.

Gráfico 1 – Casos confirmados e óbitos diários do mês de junho em Tibagi-PR

No início do mês de julho (gráfico 2) o município apresentou poucos casos, sendo 4 nos primeiros dez dias, após esse período nota-se uma elevação do número de casos confirmados e também o registro dos primeiros óbitos. Ao final do mês haviam 85 casos confirmados e 5 óbitos registrados.

Gráfico 2 – Casos confirmados e óbitos diários do mês de julho em Tibagi-PR

O mês de agosto (gráfico 3) se inicia com um número elevado de casos confirmados, partindo do 1 dia com 8 casos e 1 óbito, nos dias 2 e 3 esse número se estabiliza com 1 óbito no dia 2. No dia 4 cresce novamente o número de casos confirmados e se estabiliza até o dia 10 sem nenhum óbito. Os dias com maior elevação de casos são o 11 e 12, há o registro de 1 óbito no dia 13. Do dia 14 até 23 o número vem decrescendo e se estabilizando sem nenhum óbito registrado.

Gráfico 3 – Casos confirmados e óbitos diários do mês de agosto em Tibagi-PR

O mês de setembro (gráfico 4) se comparado aos meses anteriores, apresenta uma queda no número de casos confirmados 38 e também dos óbitos 2. O maior número de casos registrados em um dia foi 5, no dia 24.

Gráfico 4 – Casos confirmados e óbitos diários do mês de setembro em Tibagi-PR

Na representação gráfica da evolução de casos confirmados e óbitos do município de Tibagi (gráfico 5), é possível perceber que o período de julho a agosto apresentou os maiores números de casos confirmados do novo coronavírus. O gráfico também nos mostra que julho registrou o maior número de óbitos e que posterior a este mês há uma leve tendência de queda no número de mortes.

Gráfico 5 – Casos confirmados e óbitos diários do mês de junho em Tibagi-PR

Com o intuito de comparar a situação do município de Tibagi com os seus municípios limítrofes, foi realizado o cálculo de taxa de incidência do vírus, dos mesmos. O cálculo consiste na multiplicação dos casos confirmados de cada município por uma constante, neste caso (1000), o resultado é então dividido pelo número de sua população. O município de Tibagi possui uma população de 20.607 habitantes (IBGE, 2020). No último dia de setembro, apresentava 240 casos confirmados do novo coronavírus, realizando o cálculo, foi obtida a taxa de incidência em Tibagi, a qual corresponde a 11,64%, ou seja, a cada 1000 pessoas, 11,64 podem ter contraído o vírus. Nos municípios vizinhos as seguintes taxas foram obtidas:

MunicípioHabitantes (IBGE, 2020)Taxa de incidência
Tibagi20.607 hab.11,64%
Ventania12.088 hab.4,71%
Piraí do Sul25.617 hab.6,24%
Castro71.809 hab.14,06%
Carambeí23.825 hab.15,40%
Ponta Grossa355.336 hab.11,04%
Ipiranga15.251 hab.4,13%
Ivaí13.965 hab.1,86%
Reserva26.825 hab.7,38%
Imbaú13.282 hab.24,69%
Telêmaco Borba79.792 hab.27,44%

O município de Tibagi apresenta uma taxa de incidência muito próxima da obtida de Ponta Grossa, pode-se destacar que Reserva e Piraí do Sul possuem mais habitantes que Tibagi e apresentam uma taxa menor de incidência. Os municípios vizinhos com taxas superiores a Tibagi são: Telêmaco Borba, Imbaú, Carambeí e Castro.

Após a análise de todos os dados levantados e das representações gráficas, é possível afirmar que o mês de agosto corresponde ao pico do avanço do novo coronavírus no município. Uma tendência de queda pode ser visualizada em setembro, porém, cabe destacar que devemos continuar acatando as recomendações da adoção do distanciamento social, que é um esforço coletivo visando reduzir o contato entre as pessoas para conter a transmissão do vírus.

O Ministério da Saúde do Brasil recomenda evitar aglomerações. Enfatiza também a importância da higiene frequente das mãos e da desinfecção de objetos e superfícies tocados constantemente, como maçanetas e celulares, já que vírus respiratórios são transmitidos pelo contato com pessoas ou objetos infectados.

Autores:

JUNIOR, K. A. Acadêmico do curso de licenciatura em Geografia da UEPG.

RENAN, A. Acadêmico do curso de licenciatura em Geografia da UEPG.

MIKA, B. Acadêmico do curso de licenciatura em Geografia da UEPG.

PAULINO, J. C. R. Acadêmico do curso de licenciatura em Geografia da UEPG.

HORNES, K. L. Professora Doutora do Departamento de Geografia da UEPG.

Referências

IBGE. IBGE Cidades. Disponível em: < https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pr/tiba

gi/panorama>. Acesso em: 22 de out. 2020.

Ministério da Saúde. Sobre a doença. Disponível em:<https://coronavirus.saude

.gov.brsobre-a-doenca>. Acesso em: 19 de out. 2020.

LIMA, J. D. de.O distanciamento social como redutor de contaminações. Nexo. Disponível em: < https://www.nexojornal.com.br/expresso/2020/03/17/O-distanci

amento-social-como-redutor-de-contamina%C3%A7%C3%B5es>. Acesso em: 23 de out. 2020.

Secretaria da Saude do Paraná – SESA. Informe Epidemiológico – Coronavírus (COVID-19). Disponível em:<https://www.saude.pr.gov.br/Pagina/

Coronavirus-COVID-19>. 1-23 de out. 2020.

Veja também