PM acaba com festa regada a bebidas, menores e aglomeração em São Mateus do Sul

 PM acaba com festa regada a bebidas, menores e aglomeração em São Mateus do Sul

Imagem da Internet meramente ilustrativa

A Polícia Militar foi acionada no início da madrugada deste domingo (02), pois na localidade do Paiol Grande, estaria ocorrendo uma festa com diversas pessoas, cujo som estava excessivamente alto. Além do fato de os envolvidos estarem descumprindo decreto municipal em ralação ao combate da covid-19.

Uma equipe se deslocou até o referido local e constatou o som alto. Os policiais tentaram orientar a responsável pela residência, para desligar o som. Nesse momento, a equipe foi desacatada por participantes da festa. Não foi possível identificar os responsáveis pelos xingamentos devido ao grande número de pessoas presentes no evento.

A equipe policial solicitou apoio de outras viaturas, para realizar a abordagem. Após a chegada do reforço, foi identificado mais um responsável pela confraternização, proprietário de um veículo, o qual estava com o som automotivo em volume excessivamente alto.

Foi identificado também, os demais envolvidos. Cabe ressaltar que no momento da abordagem nenhum dos participantes da festa respeitava os devidos cuidados para o combate ao covid-19 (uso de máscara e distanciamento).

Na confraternização, foram identificados dois adolescentes, um de 17 anos e outra de 16 anos, os quais estavam consumindo bebida alcoólica, fato este também constatado pela equipe médica do pronto atendimento municipal.

Diante do exposto, os responsáveis pela festa, juntamente com os adolescentes, foram encaminhados até o pronto atendimento municipal de saude, posteriormente, o som, e os envolvidos foram encaminhados até a 3ª SDP para as providências cabíveis. 

A Polícia Militar atendeu mais ocorrência de perturbação do sossego e aglomeração de pessoas neste sábado (1°).

Por volta das 15h50, a equipe foi acionada pelo COPOM e se deslocou até rodovia PR1-51, Vila Prohmann. No local em contato com o solicitante, o mesmo informou que próximo a sua residência existe uma pista de motocross, que durante os finais de semanas o barulho incomoda os moradores. O solicitante disse que ja fez boletins de ocorrências, porém até o presente momento nada foi feito para resolver o problema. A vítima, então, resolveu exercer seu direito de representação contra os responsáveis pelo evento.

A equipe foi até a pista, constatou aglomeração, visto que no local estavam várias pessoas, descumprindo também normas sanitárias do decreto municipal. Feito contato com o responsável, este informou à equipe que estavam treinando com autorização dos responsáveis do local.

Diante dos fatos, foram encaminhados as partes para a 3ª Cia para lavratura de termo circunstanciado.

Veja também