Casal é detido por suposta venda de drogas e com R$ 7,2 mil

 Casal é detido por suposta venda de drogas e com R$ 7,2 mil

Foto: PM/Divulgação

A equipe do Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) recebeu denúncia anônima sobre suposto comércio de drogas e acabou por confirmar flagrante de venda de entorpecentes, nesta quinta-feira (27/08), na Vila Verde em São Mateus do Sul. Ao intensificar o patrulhamento na região da moradia indicada, os policiais notaram um homem saindo da residência e, com ele, aproximadamente 100 gramas de drogas.

Ao visualizaram um homem saindo do local, foi dado voz de abordagem e identificado o indivíduo. Em busca pessoal foi localizado, no bolso da calça estavam duas porções de maconha. Para a ROTAM ele confirmou ter comprado do proprietário da residência investigada por denúncia. Na moradia, com a chegada dos policiais o morador correu para os fundos.

Assim que visualizou a equipe, entrando pelo portão, o homem se desfez de uma sacola plástica arremessando para o terreno vizinho. Dado voz de abordagem e contido o mesmo, na busca pessoal nada de ilícito foi localizado. Já no lote ao lado, uma residência abandonada, os policiais recuperaram o material desovado, contendo oito porções de substância análoga a maconha.

Eram 350 gramas e, por conta disso, o morador foi detido, junto da esposa em 5º mês de gestação. Ainda, dentro da residência, na sala mais uma porção da mesma substância, 50 gramas, foi localizada e, no quarto do casal, dentro do guarda-roupa a quantia de R$ 7.200,00 em meio às roupas. O morador teria confirmado que ‘o dinheiro seria proveniente do tráfico de drogas’, à ROTAM.

Segundo o relato policial, o homem ironizou estar há oito meses na rua. A referida denuncia citava outro local como esconderijo de mais drogas. A mulher teria afirmado, aos agentes, que o “esposo guardaria o restante do entorpecente numa mata próximo ao cemitério de São Miguel da Roseira”. Sob o pedido de que a esposa não fosse presa, o homem disse que levaria a ROTAM até o local.

No local indicado pelo suposto comerciante de entorpecentes, os policiais não localizaram mais drogas. Em seguida todos os detidos foram encaminhados até o Pronto Atendimento (PA) para exames ambulatoriais e, posteriormente, entregues na 3ª Subdivisão de Polícia Civil (SDP) com os entorpecentes e dinheiro apreendido. Segundo o relato, os dois homens no camburão algemados e a senhora foi conduzida sem algemas no banco de trás da viatura.

Da Redação com Informações da PM

Veja também