Paraná soma 3.331 casos de coronavírus e 156 mortes

 Paraná soma 3.331 casos de coronavírus e 156 mortes

A Secretaria de Estado da Saúde informa o registro de 122 novos casos do novo coronavírus e mais três óbitos. O Paraná acumula 3.331 confirmações da doença e 156 mortes por causa da Covid-19. Foram excluídos do boletim desta segunda-feira (25) três casos. Dois deles estavam registrados em duplicidade e um foi transferido para o estado de São Paulo.

As três pessoas que morreram estavam internadas. Dois homens, um residente em Guapirama, de 78 anos, foi a óbito no sábado (23) e o outro, de 67 anos, era morador de Mandaguari e morreu no domingo (24). Uma mulher de 43 anos que residia em Quitandinha faleceu nesta segunda.

MUNICÍPIOS – No Paraná, 218 cidades têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Em 62 municípios há registro de óbitos pela doença.

As novas confirmações são nas seguintes cidades: Almirante Tamandaré (1), Anahy (1), Andirá (2), Araucária (3), Bandeirantes (1), Cambé (2), Campina Grande do Sul (8), Campo Bonito (3), Cascavel (22), Colombo (2), Cornélio Procópio (2), Curitiba (13), Fazenda Rio  Grande (2), Figueira (1), Francisco Alves (1), Guaraniaçu (1), Ibiporã (2), Itapejara D’Oeste (1), Leópolis (1), Londrina (28), Medianeira (1), Missal (1), Ortigueira (1), Pinhais (1), Ponta Grossa (3), Quatro  Barras (4), Quedas do Iguaçu (1), Quitandinha (6), Santa Cecília do Pavão (1), Santa Tereza do Oeste (1), São João do Caiuá (1), São José dos Pinhais (1), Sapopema (2) e Uraí (1)

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Secretaria da Saúde registrou também mais quatro confirmações de pessoas que não moram no Paraná. Elas residem em Campos Novos e Concórdia (Santa Catarina), Rio Branco (Acre) e São Luís (Maranhão). Um novo óbito foi registrado nesta segunda-feira (25), de uma mulher de 76 anos, de Jacupiranga (SP), que morreu no dia 22. No total, quatro pessoas não residentes no Paraná foram a óbito em alguma das cidades do Estado.

ALTERAÇÕES
– Um caso confirmado em 8 de maio como residente em Curitiba foi transferido para Araucária.
– Um caso confirmado em 8 de maio como residente em Araucária foi excluído por duplicidade de notificação.
– Um caso confirmado em 9 de maio como residente em Campo Largo foi excluído por duplicidade de notificação.
– Um caso confirmado em 21 de maio como residente em Quatro Barras foi transferido para Jacupiranga (SP).

AEN

Brasil

O Brasil registrou 807 novas mortes por covid-19, chegando ao total de 23.473. O resultado representou um aumento de 3,5% em relação a ontem(24), quando foram contabilizados 22.666 falecimentos em decorrência do novo coronavírus. Os números foram divulgados no balanço do Ministério da Saúde hoje (25).

Foram incluídas nas estatísticas, 11.687 novas pessoas infectadas pelo vírus, somando 374.898. O resultado marcou um acréscimo de 1% em relação a ontem, quando o número de pessoas infectadas estava em 363.211.

Do total de casos confirmados, 197.592 (52,7%) estão em acompanhamento e 153.833 (41%) foram recuperados. Há ainda 3.742 óbitos sendo analisados.

A letalidade (número de mortes por casos confirmados) foi de 6,3%. Já a mortalidade (número de óbitos pela população) ficou em 11,2%.

Em relação a uma semana atrás, o aumento de pacientes recuperados foi de 53% e o de mortes em investigação, 64%. Também em comparação a semana anterior, o crescimento do número de mortes por covid-19 foi de 40%. No dia 18 de maio, o total era de 16.792. Já a quantidade de casos confirmados da doença aumentou 47,4%. Há sete dias, o balanço do Ministério da Saúde contabilizava 254.220 infectados. 

São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no país, concentrando o maior número de falecimentos (6.220). O estado é seguido pelo Rio de Janeiro (4.105), Ceará (2.493), Pernambuco (2.248) e Pará (2.372).

Além disso, foram registradas mortes no Amazonas (1.781), Maranhão (784), Bahia (477), Espírito Santo (465), Alagoas (337), Paraíba (279), Minas Gerais (230), Rio Grande do Norte (209), Rio Grande do Sul (197), Amapá (168), Paraná (156), Rondônia (121), Distrito Federal (114), Santa Catarina (109), Piauí (110), Sergipe (103), Goiás (96), Acre (97), Roraima (86), Tocantins (58), Mato Grosso (41) e Mato Grosso do Sul (17).

Já em número de casos confirmados, o ranking tem São Paulo (83.62), Rio de Janeiro (39.298), Ceará (36.185), Amazonas (30.282) e Pernambuco (28.366). Entre as unidades da federação com mais pessoas infectadas estão ainda Pará (26.077), Maranhão (22.786), Bahia (14.204), Espírito Santo (10.365) e Paraíba (8.016)

Agência Brasil

Últimas notícias