Palmeira terá rodízio no abastecimento de água devido a baixa vazão do rio Pugas

 Palmeira terá rodízio no abastecimento de água devido a baixa vazão do rio Pugas

Devido a falta de chuva nas últimas semanas e a baixa vazão do rio Pugas, no qual é realizada a captação de água para abastecimento do município de Palmeira, a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) informa que adotará o sistema de rodízio no fornecimento de água da cidade a partir de sexta-feira (24).

A área urbana foi dividida em três setores. Cada um deles ficará sem abastecimento por 18 horas, e nos dois dias seguintes o abastecimento será normal.

O setor 1 será o primeiro a entrar no rodízio, a partir das 14 horas de sexta-feira (24) até às 8 horas do dia seguinte. Neste setor estão os bairros Vila Rosa, Vila São José, Vila Rural, Papirus e Farajala. As pessoas que não possuem caixa da água em casa podem pegar água em um caminhão pipa que ficará localizado no início da avenida Daniel Mansani, das 14 horas às 17h30 e das 9 horas às 12 horas do dia seguinte.

No sábado (25), a partir das 14 horas, até às 8 horas do dia seguinte, o setor 2 entrará no rodízio. Fazem parte deste setor o Centro Alto (rua Barão do Rio Branco em direção a BR 277), Rocio I, Rocio II, Colônia Francesa, Vila Cherobim, Núcleo João Paulo II, Núcleo Tibagi e Jardim Christine. Um caminhão pipa ficará à disposição da população deste setor na praça da Colônia Francesa, das 14 horas às 17h30 e das 9 horas às 12 horas do dia seguinte.

O setor 3, formado pelo Centro Baixo (rua Barão do Rio Branco em direção a praça da Matriz), Vila Militar, Vila Maria e Vila D.E.R, estará no rodízio a partir das 14 horas de domingo (26) até às 8 horas do dia seguinte. As pessoas que não possuem caixa da água em casa podem pegar água em um caminhão pipa que ficará localizado na praça Manoel Ribas, das 14 horas às 17h30 e das 9 horas às 12 horas do dia seguinte.

O rodízio do fornecimento de água será repetido até que a situação seja normalizada. O setor 1, por exemplo, neste mês ficará sem abastecimento nos dias 24, 27 e 30, enquanto o setor 2 ficará nos dias 25 e 28 e o setor 3 nos dias 26 e 29.

A recomendação da Sanepar é de que a água seja utilizada, prioritariamente, na alimentação e na higiene pessoal. As limpezas pesadas, lavagens de veículos, calçadas, fachadas e irrigação de hortas e jardins, são atividades que devem ser adiadas até que a situação volte à normalidade. A Sanepar também orienta que a população faça o reúso da água, por exemplo, aproveitando a água do enxágue das roupas para lavar calçados e pisos.

Zona rural

O caminhão-pipa da Prefeitura de Palmeira está atendendo as localidades da área rural do município. Em caso de falta de água os moradores podem solicitar o serviço através dos telefones 3909-5113 ou 3252-1996.

A secretária de Obras e Infraestrutura, Francine Albuquerque, informa que “o veículo está fazendo a entrega para todos os moradores que pedem, porém a demanda aumentou bastante nos últimos dias e o serviço já está com fila de espera, levando um ou dois dias para que a entrega seja feita”, disse.

Vale destacar que o poço de captação utilizado pela Prefeitura também está com o nível baixo, porém ainda está conseguindo atender todos os pedidos. “É imprescindível que todos façam uso racional da água”, alerta Francine.

Matéria: Comunicação Prefeitura Municipal de Palmeira

Fotos: Sanepar

Veja também