Veículo roubado em União da Vitória é recuperado pela PM

 Veículo roubado em União da Vitória é recuperado pela PM

O Pelotão de Polícia Militar de General Carneiro foi informado pelo COPOM do 27º BPM de que dois elementos armados com revólver e faca haviam rendido uma vítima, um religioso da ACARDI e roubado o veículo Fiat Doblô de cor verde.

A central de operações policiais repassou que os criminosos possivelmente poderiam estar em deslocamento pela BR-153, sentido à cidade de General Carneiro.
Imediatamente a equipe iniciou diligências pela referida rodovia a fim de encontrar o veículo, quando próximo a entrada da cidade foi visto o automóvel roubado, cujo se encontrava deslocando em sentido contrário a viatura policial.

Ato contínuo foi realizada manobra de retorno, sendo feita a tentativa da abordagem policial por meio de sinais luminosos, onde prontamente desobedecida pelos autores.
Iniciado acompanhamento tático, em determinado momento um dos criminosos que encontrava-se no banco do passageiro do Fiat/Doblô colocou uma das mãos para fora da janela, onde foi possível constatar um revólver. O criminoso então realizou um disparo contra a viatura policial, visando proceder na fuga, porém, sem êxito na ação.

Imediatamente a equipe policial revidou a injusta agressão realizando três disparos, no qual um dos disparos veio a acertar o pneu traseiro esquerdo do automóvel, e um segundo disparo o pneu dianteiro direito. Nisso, os autores continuaram a se evadir pela rodovia, vindo a parar apenas após colidir lateralmente contra os rodados de uma carreta.

A equipe policial então realizou o desembarque da viatura, onde iniciou confronto armado com os meliantes. Um masculino que encontrava-se no banco do passageiro, desceu do veículo, evadiu-se para as margens da rodovia e próximo ao local de mata disparou por duas vezes contra os policiais, cujos revidaram. Porém, não sendo possível afirmar se o meliante foi alvejado, pois, evadiu-se mata adentro, não sendo logrado êxito em sua captura.

Em seguida, foi abordado o outro elemento que encontrava-se conduzindo o veículo. Em busca pessoal no indivíduo nada de licito foi encontrado, apenas no bolso direito traseiro encontravam-se os documentos do Fiat/Doblô, objeto de roubo.

O masculino foi identificado e afirmou aos policiais que ele e seu colega haviam roubado o automóvel em União da Vitória, que o veículo havia sido produto de encomenda por outro masculino morador da cidade de General Carneiro, que havia sido planejado o roubo e que ele foi contratado para realizar a condução do veículo até o receptador.

Dada voz de prisão ao mesmo, após as diligências de praxe, a equipe policial juntamente com um dos autores e o veículo recuperado com uma faca apreendida usada no crime, deslocou até a 4ª SDP para a entrega do flagrante à autoridade policial de plantão.

Na delegacia foi ouvida e identificada a vítima do crime, o qual passou a relatar à equipe que um dos autores do roubo é conhecido da vítima por frequentar a instituição onde o religioso trabalha e reside, e havia lhe mandado um mensagem, pedindo uma carona.

No momento em que foi se encontrar com o masculino, sendo o local marcado as margens da BR 153, próximo ao bairro Jardim Roseira, a vítima relatou que foi surpreendido e rendido pelo masculino que estava de posse de uma lanterna e uma arma de fogo do tipo revólver e pelo menos mais dois indivíduos. Após anunciarem o assalto, os meliantes mandaram a vítima deitar, sendo coberto seu rosto com um pano e amarradas suas mãos.

Em seguida a vítima foi amarrada pelos indivíduos e colocada no porta malas do veículo. Os autores tentaram evadir-se do local com a vítima refém, momento em que o condutor demonstrou dificuldades na direção do veículo, o que surgiu como oportunidade da vítima se soltar e fugir, abrindo o porta malas e jogando-se veículo, onde pôs-se a correr pelas margens da BR-153, até uma residência situada no bairro Jardim Roseira.

Do local a vítima acionou a PM. Ela relatou que alguns pertences pessoais que encontravam-se com ele no momento do roubo também foram levados pelos autores, sendo que seriam cerca de trezentos reais em espécie em sua carteira e também um celular, marca Samsung J8 na cor preta. Os objetos não foram encontrados com o autor detido ou no veículo recuperado.

Veja também

Leave a Reply