“Meu nome limpo”. Campanha lançada em União da Vitória busca facilitar renegociação

 “Meu nome limpo”. Campanha  lançada em União da Vitória  busca facilitar renegociação

“Ficou devendo? Limpe seu nome. Volte a comprar!” São as indicações de slogan da iniciativa que une o Serviço de Proteção ao Crédito (Procon), prefeituras e Câmara de Dirigentes e Lojistas (CDL) de Porto União da Vitória. Objetivo é facilitar a negociação de débitos e liberar o cliente de pendências em aberto, entre 1º e 30 de novembro, deste ano.

Para o presidente da CDL, Artibano Nhoatto, é uma oportunidade para romper a dificuldade, por conta do bloqueio devido às dívidas, e retornar ao mercado de consumo. As campanhas geralmente ocorrem todo ano e colocam de um lado o cliente que, muitas vezes, passa por momento financeiro delicado, mas tem interesse numa solução, e o comerciante.

“Cada estabelecimento tem uma pessoa ou um setor preparado para esta negociação”, explica o presidente. Na campanha, tanto a CDL quanto o Procon das duas cidades (Porto União e União da Vitória), farão o relacionamento entre o cliente e comerciante. “Vai chegar no comércio sabendo o nome da pessoa com quem vai tratar da sua negociação”, acrescenta Nhoatto.

A facilidade se estende justamente nesta parceria entre a CDL e o Procon para ajudar os clientes. “Muitas vezes acaba valendo a pena perdeu um pouco para recuperar este crédito e, para o consumidor, dá oportunidade para fazer novas compras no estabelecimento das duas cidades”, destaca o presidente.

O lançamento foi realizado, com coletiva de imprensa nesta sexta-feira (01/11), na prefeitura de União da Vitória, justamente, para reforçar o trabalho. O próprio prefeito, Santin Roveda, salienta a importância de ter o nome limpo. “Faz parte da dignidade”, afirma. Neste contexto, segundo ele, o Procon, das duas cidades e com respaldo dos dois executivos, apóia a iniciativa.

“Ninguém quer ter o nome sujo”, ressalta Santin Roveda. Cabendo, em seu entendimento, ao poder público ajudar na busca de soluções que sejam boas tanto para comerciantes quanto aos consumidores. “Para que cada um possa voltar para o mercado e fazer suas compras normalmente.” Os interessados podem procurar, para mais informações, o CDL ou o Procon (de qualquer uma das duas cidades).

Da redação com foto Cultura Sul FM

Veja também

Leave a Reply