Deputado se posiciona contra divulgação de documentário relativo aos fumicultores

 Deputado se posiciona contra divulgação de documentário relativo aos fumicultores

Nesta segunda-feira (21/10), o deputado estadual Emerson Bacil (PSL) foi à tribuna da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) em defesa do plantador de fumo. Certo documentário, anunciado e divulgado na semana passada, demonstra distorções, na visão do parlamentar, frente à realidade da maioria dos fumicultores da região Sul e Centro Sul do Estado.

Emerson Bacil rebateu alegações sobre trabalho infantil, falta de uso de equipamentos de proteção individual (epis), dentre outras coisas que vão contra a dignidade das famílias, em torno 160 mil, que têm sua de renda por conta de plantar fumo. “Estes produtores que nos últimos dias estão sendo atacados por uma mídia que vai contra a produção de tabaco [fumo]”, frisou.

O desafio do deputado é que estes mesmos indivíduos, então, apontem alternativas de renda para pequenos produtores com confiabilidade. Ao passo que citou a estabilidade econômica dos fumicultores que, em pequenas áreas de cultivo (realidade de inúmeras famílias da região Sul e Centro Sul), têm renda média superior em, pelo menos, 64% frente a outras atividades.

Fotos: Dálie Felberg/Alep

Emerson Bacil levou para a tribuna dados sobre a saúde e educação. Para assinar um contrato de venda de produção para as empresas, os fumicultores ficam sobre a imposição de um contrato que erradica totalmente o trabalho infantil e obriga a permanência na escola. “Dentre os produtores de fumo temos os menores índices de evasão escolar”, exemplificou.

Num comparativo sobre o uso de defensivos agrícolas, com base em estudo divulgado pela Escola Superior de Agricultura – Universidade de São Paulo (USP), o parlamentar referendou que a quantidade de agrotóxicos usados no fumo é inferior a de alimentos. No caso, tomate, maça, batatas, uva, alho, cebola, café, banana, milho, trigo e arroz superam o tabaco.

Fotos: Dálie Felberg/Alep

“Numa relação de pelo menos dez cultivos, o tabaco é o que menos consome agrotóxicos”, relata. Na sua fala, Emerson Bacil mencionou o fato de ter sido plantador de fumo e que familiares seguem na fumicultura. “Tenho respeito por todos e muito orgulho dos produtores de fumo”, frisou, destacando seu empenho e trabalho em prol e defesa dos pequenos produtores.

Fotos: Dálie Felberg/Alep

Veja também

Leave a Reply